Crimes Que Entraram para a História: Marvin Gaye

Com sua voz aveludada, Marvin Gaye cativou platéias com seus sucessos, tornando-se um dos maiores nomes da gravadora Motown, que além dele, reuniu gente como Michael Jackson, Stevie Wonder...



Com sua voz aveludada, Marvin Gaye cativou platéias com seus sucessos, tornando-se um dos maiores nomes da gravadora Motown, que além dele, reuniu gente como Michael Jackson, Stevie Wonder e Lionel Ritchie. Tinha tudo para ser um homem feliz.

Tinha. Sua vida foi interrompida abruptamente um dia antes de fazer 45 anos, em 1984, quando foi assassinado por seu próprio pai com a arma que ele mesmo lhe presenteara.

Nascido em uma família religiosa em 1939, o homem que iria forjar o chamado Motown Sound viajou jovem para Detroit (onde fica a gravadora) com Harvey Fuqua, líder do Harvey an the Moonglows.

Em 1963, com o álbum “The Stubborn Kinda Fella” torna-se o vocalista mais importante da gravadora, em parcerias com a cantora Tammi Terrel. Quando vendia milhares de discos com “I Heard it Through The Grapevine“, sofre os primeiros baques.

A parceira Tammi morre em decorrência de câncer em 1970. O casamento com Anna, irmã de Berry Gordy (dono da Motown), acaba em divórcio. Mas ele dá a volta por cima com seu álbum conceitual “What’s Going On“, um “Sgt. Peppers” estilo rhythm and blues, produzido em 1971 e que trazia letras sobre a Guerra do Vietnã e o estilo de vida urbano.

Em 1973, chega ao topo das paradas com “Let’s Get it On” e “You Are Everything“, parceria com Diana Ross. Brigado com a Motown e em momento difícil na carreira, ele surpreende com “Sexual Healing“, de 1982, canção com a qual ganhou dois Grammy: melhor vocalista de R&B e melhor perfomance instrumental de R&B.

Mas o destino resolveu bater na sua porta. Em 1984, deprimido e viciado em cocaína, é assassinado pelo pai, com quem tinha um difícil relacionamento. O motivo que levou o reverendo Marvin Gaye Sr. a atirar foi uma briga familiar.

O Corpo de Marvin Gaye Jr. é retirado da casa dos seus pais em Los Angeles

Marvin Gaye Sr. é preso depois de assassinar o seu filho, Marvin Gaye Jr.

Veja Marvin Gaye cantando um de seus maiores sucessos: Let’s Get it On

Informações

Nome: Marvin Pentz Gay Jr

Nome Artístico: Marvin Gaye

Conhecido Como: O Príncipe do Soul

Nascimento: 02 de Abril de 1939. Washington, D.C. Estados Unidos.

Morte: 01 de Abril de 1984 (43 anos). Los Angeles, Califórnia. Estados Unidos

Causa da Morte: Disparo de arma de fogo

Gêneros: Soul, R&B, Doo-Woop, Funk

Anos Ativo: 1958 a 1984

Site: http://www.marvingayepage.net/



Nome: Marvin Pentz Gaye Sr

Nascimento: 01 de Outubro de 1914. Condado de Jessamine, Kentucky. Estados  Unidos

Morte: 10 de Outubro de 1998 (84 anos). Cidade de Culver, Califórnia. Estados  Unidos

Causa da Morte: Pneumonia

Família: Casado com Alberta Gay. 4 filhos

Ocupação: Reverendo da Casa de Deus em Washington

Acusação: Assassinato em Primeiro Grau

Crime: Réu confesso do assassinato do filho: Marvin Gaye Jr.

Pena: 5 anos de liberdade condicional

“Você vê, a guerra não é a resposta. Somente o amor pode conquistar o ódio”
Marvin Gaye


—————————————————————————————————–

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
  • Robson

    Cantava muito esse cara !

  • Robson

    Cantava muito esse cara !

  • Juaressoares

    Marvin Pentz Gay Jr tambem está vivo e segundo o “CRACK” neto ja está apalavrado com o corimtia, para assim tentar enfim ganhar o tão sonhado titulo da libertadores

  • Pingback: Serial-Killers: O Assassino do Backpage.com | O Aprendiz Verde()

  • Rogerio Suhett

    Um cara muito foda.Alem disso era amigo de outra artista muito talentosa e que está chegando ao Brasil,Diana Ross,do quel um dos maiores sucessos é justamente uma canção em homenagem ao amigo morto”I´missing you”

  • Vera regina

    E lamentável uma tragedia como esta Marvin Gaye tinha tudo pra ser feliz as drogas atravessarão o seu caminho droga a maldição do seculo

    • Giu

      Primeiro, atravessaram*

      Segundo, ele pode até ter usado drogas, porém quem o matou foi um religioso com uma arma de fogo e não uma carreira de pó

DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Facebook!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categories

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers