Grandes RockStars Que Não Voltam Mais ! Post II

Don Mclean Cantor americano que foi notado primeiramente em 1969, ao lado de Peter Seeger e um grupo de artistas folk, como ele, numa campanha para despoluir o rio...

Don Mclean

Cantor americano que foi notado primeiramente em 1969, ao lado de Peter Seeger e um grupo de artistas folk, como ele, numa campanha para despoluir o rio Hudson. Em seguida, Mclean editou Songs And Sketches of The FirstClearwater Crew, um livro sobre o trabalho ecológico que havia abraçado. Já reconhecido no circuito folk americano, passou dois anos negociando um contrato com uma gravadora para editar seu primeiro álbum, Tapestry, que acabou saindo por um selo pequeno e mal foi notado.

No final de 1971, saiu American Pie, pela United Artists, que trazia a canção que o fez mundialmente famoso, a épica “American Pie”, com nada menos de 8 minutos de duração, nostálgica e política, um dos hits mais impressionantes da história do pop/rock/folk, à prova do tempo, considerando as várias vezes em que foi reeditado e/ou regravado, com sucesso (incluindo artistas e cantores do porte de Chris de Burgh, Madonna e Garth Brooks). American Pie’ ecooou pelo mundo, atingiu os primeiros lugares nos Estados Unidos (Billboard Hot 100 e U.S. Billboard Easy Listening), Canadá (Canadian RPM Top Singles, Canadian RPM Adult Contemporary Tracks), Austrália (Australian Kent Music Report) e Nova Zelândia (New Zealand Singles Chart) além do segundo posto no Reino Unido (UK Singles Chart).

Com o tempo, Don Mclean ficou mais popular na Inglaterra do que nos Estados Unidos; seu trabalho se caracterizava por ser linear, seu enorme talento criativo nunca esteve a serviço da experimentação.

A música Killing Me Softly With This Song’, primeiro lugar nos EUA em 1973, com Roberta Flack, foi escrita (por Charles Gimbel e Norman Fox) sobre Don Mclean.

Áudio

Veja abaixo alguns hits memoráveis de Don Mclean

Castles in The Air

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

American Pie

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Crying

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Vincent

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Vídeos

A épica apresentação ao vivo de Don Mclean em Londres (1980). Clique aqui e veja sua perfomance de Crying.

Don Mclean canta a épica American Pie. Clique aqui e veja.

Castles in the Air. Outro grande sucesso de Don Mclean. Clique aqui.

Don Mclean

Glen Campbell

Entre o final dos anos 50 e começo dos anos 60, Los Angeles foi invadida por “cowboys do asfalto“, músicos de excepcional habilidade, tocando um tipo de country music que se aproximava tanto do rock, na sonoridade, que foi capaz de influenciá-lo diretamente. Pelo menos três desses músicos merecem figurar em qualquer publicação sobre rock: Wynn Stewart, Buck Owens (os Beatles gravaram a sua ‘Act Nacturally’) e, o mais versátil deles, Glen Campbell, que também foi o que mais fez sucesso. Excepcional guitarrista, vindo de Oklahoma, Campbell chegou a Los Angeles em 1960 para trabalhar como músico de estúdio. Logo, estava tocando nos Champs (substituindo Dave Burgess) em 1960, e o produtor Nik Venet passou a gravá-lo como artista solo, em 1961.

Quando Brian Wilson teve de se afastar dos Beach Boys, seu lugar nos shows ao vivo, foi ocupado por Glen Campbell (depois, pro Bruce Johnston). Muito bem relacionado, depois de participar dos discos dos Monkees, Mamas & Papas e outros, associou-se ao produtor Al de Lori no final dos anos 60 e fez uma das mais brilhantes carreiras do pop. Ele foi o porta-voz da nova geração de compositores de Nashvile, além de gravar páginas sofisticadas de Jim Webb (como a trilogia ‘By The Time I Get To Phoenix’, ‘Wichita Lineman’ e ‘Galveston‘). Também estabeleceu duetos encantadores com Bobbie Gentry, Anne Murray, Rita Coolidge e Tania Tucker.

Áudio

Veja abaixo alguns hits memoráveis de Glen Campbell

Southern Nights

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Rhinestone Cowboy

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Vídeos

Glen Campbell in Concert. A excelente Southern Nights. Clique aqui.

Glen Campbell canta o clássico dos Beach Boys: Good Vibrations. Veja aqui.

Outro grande sucesso de Glen Campbell: Rhinestone Cowboy em perfomance ao vivo. Veja aqui.

Glen Campbell

Harry Nilsson

Um dos artistas mais singulares do pop, Harry Nilsson começou sua carreira em meados dos anos 60, ou um pouco antes, escrevendo músicas para as Ronettes (que registraram sua ‘Paradise e Here I Sit’). Passando a gravar pela RCA, sua paródia de You Can Do That’ (Beatles), passou despercebida pelo público, mas foi notada pelo Fab Four, que, em várias ocasiões, falaram de sua adminiração pelo desconhecido Nilsson, que até o final dos anos 60 trabalhou num banco, em regime de meio período. Certa vez em uma entrevista John Lennon reconheceu Nilsson como o maior cantor da América. Talvez por influência dos Beatles, suas músicas foram gravadas por outros artistas, incluindo The Yardbirds, Monkees, Billy J. Kramer, Turtles e Three Dog Night. Em 1968, editou seus dois primeiros e elogiados álbuns, Pandemonium Shadow Show e Ariel Ballet. Nos anos 70, cada disco seu teve a participação dos mais importantes astros do rock, como Ringo Starr e John Lennon. Lennon produziu seu Pussy Cats (1974).

Avesso aos palcos, Nilsson jamais fez um show ao vivo. Embora respeitado como compositor, seus dois maiores hits,Without You’ (1971) e Everybody’s Talkin’ (1969), foram escritos por Peter Ham e Tom Evans do Badfinger e Fred Neil, respectivamente. Without You’ foi sem dúvida seu maior sucesso, atingiu os primeiros lugares nas principais paradas do mundo (US Billboard Hot 100, US Adult Contemporary Billboard, UK Singles -The Official Charts Company e Canadian Hot 100) e foi regravada inúmeras vezes por diversos artistas ao longo do tempo, destaque para os covers de Mariah Carey, Air Supply, Heart, Hall & Oates e Chris de Burgh. O Culto a Nilsson foi perdendo força gradativamente, desde meados dos anos 80, quando abandonou a música. Com problemas no coração, Nilsson morreu em 1994.

Curiosidade: Nos anos 70, Nilsson comprou um apartamento em Londres na rua 12 Curzon. Nilsson morou durante anos neste apartamento de apenas 2 quartos que ficava perto da Apple Records. O apartamento bastante simples entrou para a história do rock por 2 coincidências “macabras“. 2 dos maiores astros do rock dos anos 60/70 morreram nos aposentos de Nilsson. A lendária Cass Elliot, vocalista do também lendário grupo The Mammas & The Pappas morreu subitamente aos 32 anos de idade enquanto descansava no apartamento de Nilsson após um show em Londres em 1974. 4 anos depois foi a vez do lendário baterista do The Who, Keith Moon morrer de overdose de Clomethiazole no mesmo quarto onde Cass Elliot foi encontrada morta. Coincidentemente Keith Moon também morrera aos 32 anos. Após a morte de 2 grandes amigos, Nilsson vendeu seu apartamento para o guitarrista Pete Townshend (The Who) e foi morar em Los Angeles.

Áudio

Veja abaixo alguns hits memoráveis de Harry Nilsson

Without You

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Everybody’s Talkin

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Vídeos

Without Her. Clique aqui.

A excelente One. Clique aqui.

Um dos grandes sucessos de Harry Nilson: Everybody’s Talking. Clique aqui.

Harry Nilsson

Van Morrison

Cantor irlandês que ganhou projeção com a banda Them, na linha soul/rhythm & blues, que registrou os clássicos ‘Baby Please Don’t Go, ‘Here Comes The Night’ e Gloria’, esta regravada por incontáveis bandas de garagem.

Em meados dos anos 60, Morrison formou uma curta, porém produtiva parceria com Bert Berns, em Nova York. Naquela fase, que rendeu Brown-Eyed Girl’, uma das suas melhores canções, deu-se a preparação para editar seu primeiro álbum pela Warner, Astral Weeks, que somente saiu em 1968, atrasado pela morte súbita e prematura de Berns.

Em seguida a Astral Weeks, Morrison lançou Moondance (1970). Estes dois discos, com sua mistura única de blues, folk e jazz são constantemente citados entre os dez melhores álbuns de todos os tempos.

No decorrer dos anos 70, Van Morrison lançou uma série de álbuns importantes (Tupelo Honey, St. Dominic’s Preview, Period of Transition), que tiveram grande influência em seus contemporâneos e nas bandas que iriam se revelar nos anos 80.

Durante os anos 80 seu trabalho retomou o foco em temas de espiritualidade e destino, voltando às suas raízes irlandesas. Lançou discos de extrema qualidade e continuou ativo nos anos 90 e 2000 embora sem o vigor de décadas atrás.

Audio

Wild Night

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Beside You

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Brown Eyed Girl

Audio clip: Adobe Flash Player (version 9 or above) is required to play this audio clip. Download the latest version here. You also need to have JavaScript enabled in your browser.

Vídeos

Van Morrison canta Domino em 1974. Clique aqui.

A excelente Wild Night ao vivo em 1974. Clique aqui.

Caravan ao vivo. Clique aqui.

Van Morrison



———————————————————————————————————

“Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.” (Platão)

Deixe o seu comentario:
  • Robson

    American Pie foi uma das músicas mais populares dos anos 70. Com certeza um dos mais impressionantes hits da música americana. A música incorporou-se de tal forma na cultura pop americana que virou até nome de Filme.

  • Robson

    American Pie foi uma das músicas mais populares dos anos 70. Com certeza um dos mais impressionantes hits da música americana. A música incorporou-se de tal forma na cultura pop americana que virou até nome de Filme.

DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no Whatsapp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Facebook!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categorias

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Blogs Brasil

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers