Séries: Arquivo X – O Fetichista da Morte

Recentemente escrevi um texto sobre filmes com a temática serial killer. No post “77 Filmes de Serial Killers” , cito 77 filmes sobre serial killers que vão desde a...
O Fetichista da Morte

Irresistible

Recentemente escrevi um texto sobre filmes com a temática serial killer. No post 77 Filmes de Serial Killers” , cito 77 filmes sobre serial killers que vão desde a década de 1920 até os dias atuais. No meio dessa salada de filmes, citei dois episódios da fantástica série Arquivo X.

Sou suspeito para falar, mas Arquivo X, para mim, é a maior série televisiva dos últimos 20 anos. Me diga, qual série conseguiu ficar quase 10 anos no ar? Qual série conseguiu ganhar trÊs vezes o Golden Globe Award (Oscar da TV) de melhor série do ano? Qual série conseguiu originar filmes subsequentes? Qual série conseguiu ser líder de audiência em diversos países mundo afora, tais como Austrália, Brasil, Espanha, Estados Unidos e Inglaterra? Qual série serviu de inspiração para dezenas de outras séries de sucesso que vieram depois? 

Se você é fã de séries como Supernatural, Bones, Fringe, The Visitor, Eleventh Hour, dentre outros, saiba que você deve muito a  Arquivo-X. Até mesmo a série de maior sucesso dos últimos 10 anos, Lost,  apresenta muitos elementos de Arquivo-X. Aliás, o criador de Lost, J.J. Abrams, deixa claro em Fringe (sua nova série) sua queda pela série produzida pelo mago Chris Carter.

Teorias conspiratórias, mistérios com explicações complexas, acontecimentos no limite entre a ciência e a imaginação, paranormalidade, invasão de extra-terrestres, esse é Arquivo-X.

A série narra as investigações dos agentes do FBI Fox Mulder (David Duchovny) e Dana Scully (Gillian Anderson). Ambos trabalham em um departamento chamado Arquivo-X. Os Arquivos-X são casos que o FBI consideram impossíveis de se resolver, normalmente envolvendo paranormalidade e fenômenos sobrenaturais. Toda a série gira em torno desses temas, mas às vezes, essa temática é quebrada para outros temas, como por exemplo, serial killers.

Em sua segunda temporada (1995), a série atacou com dois episódios seguidos com a temática serial killer. O décimo segundo episódio da segunda temporada, intitulado Aubrey, era bem a cara da série e mostrava os agentes Mulder e Scully investigando a possibilidade de transferência genética de personalidade de uma geração para outra, vinculada a assassinatos cometidos por um serial killer.

O episódio seguinte, e disponível no final do post, chama-se Irresistível. Para quem gosta de uma obra ficcional mais próxima da nossa realidade, o episódio é um prato cheio.

No episódio, os agentes do FBI Fox Mulder e Dana Scully são designados para um suposto caso envolvendo OVNI’s na cidade de Minneapolis, Minnesota. Túmulos estão sendo violados e um investigador da cidade, Moe Brocks, acredita que o caso possa estar ligado aos discos voadores.

O agente Fox Mulder logo descarta essa possibilidade (na verdade ele só aceitou investigar o caso porque tinha ingressos para o jogo de futebol americano entre as equipes Redskins e Minnesota Vikings, que jogariam na cidade). Mulder logo conclui que o culpado é um “fetichista”, que viola túmulos para roubar as unhas e cabelos dos corpos. Segundo Mulder,  sua compulsão pode crescer a ponto dele recorrer ao homicídio para obter mais cadáveres e, assim, retirar seus ítens de colecionador. E é isso o que acontece.

Tendo sido um dos poucos episódios da série que não tem um ângulo paranormal, Irresistível ainda assim foi tão assustador em seu tom “Ed Gein” que o Departamento de Padrões da Fox rejeitou o roteiro original, dizendo ser “inaceitável para os padrões de programação de TV”.

“Quando entreguei o roteiro, era realmente um episódio necrófilo, e aquilo não foi pra frente. Você não pode fazer a combinação de sexo e morte em uma rede de televisão”, disse o criador da série e roteirista Chris Carter.

Chris Carter foi obrigado a modificar o personagem, de necrófilo para um “fetichista da morte”, disfarçando qualquer sinal de sexualidade aberta na obsessão do assassino. 

Algumas cenas do episódio chamam atenção, principalmente as que o fetichista e serial killer aparece na visão de outros personagens como um demônio. O produtor Chris Carter explica essas cenas:

“Há relatos de pessoas, que estiveram sob o poder de Jeffrey Dahmer, que alegaram que ele realmente mudava sua fisionomia durante aquelas horas as quais eles estavam sob suas mãos. Sua imagem mudava.”

O episódio serviu de inspiração para que Chris Carter criasse anos depois a série Millenium.

O melhor de Irresistível é que o episódio nada mais é do que o reflexo do mundo em que vivemos, sem nenhum tipo de sensacionalismo ou clichês. O episódio mostra aquilo que está à nossa volta. Ver Irresistível é o mesmo que ver Edward Gein, o notório serial killer dos anos 50 que desenterrava corpos de cemitérios para alimentar suas fantasias. Quando aquilo não o satisfazia mais, ele começou a matar pessoas. Um caso mais recente é o do russo Anatoly Moskvin. O russo foi preso em novembro de 2011 acusado de violar dezenas de corpos em cemitérios da região de Nizhny Novgorod. O que ele fazia com esses corpos? Fabricava lindas bonecas com as quais podia conversar e exercer seu “papel de pai”. Como dito pelo promotor do caso, felizmente Moskvin foi pego antes que ele pudesse cruzar a invisível linha entre fantasia e realidade e, assim como o assassino fictício de Irresistível ou o assassino da vida real Ed Gein, tornar-se um serial killer.

“De muitos modos, Chris queria vender a idéia de que nem todo terror vem de algo paranormal. Ele pode vir da pessoa que está ao seu lado” , diz David Nutter, diretor do episódio.

Informações

Arquivo-X - Irresistivel

Episódio: Irresistível

Série: Arquivo X

Temporada: Episódio 13, 2ª Temporada

Tema: Um louco que coleciona cabelos e unhas de pessoas mortas acelera sua obsessão, matando ele mesmo as pessoas de onde tira os ítens que coleciona.

Exibido em: 31 de Janeiro de 1995 (EUA), 29 de Setembro de 1995 (Brasil)

Escrito por: Chris Carter

Dirigido por: David Nutter

Elenco: David Duchovny, Gillian Anderson, Nick Chinlund, Robert Thurston, Bruce Weitz, Denalda Williams, Christine Willies

Episódio

Veja o episódio abaixo:



Curta O Aprendiz Verde No Facebook

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

As últimas notícias

Categorias

Receba nosso conteúdo no WP
Receba nosso conteúdo no WP