Dicas de Filmes: A Árvore da Maldição

Imagine a seguinte cena: uma mulher descansa tranquila com seu bebezinho em uma área campestre. De repente, surge do nada três homens que mais parecem ter saído das histórias que escrevo: maus, sádicos e cuspindo fogo pela boca.
Dicas de Filmes - A Árvore da Maldição - Foto
Dicas de Filmes - A Árvore da Maldição - Capa

A Árvore da Maldição

Imagine a seguinte cena: uma mulher descansa tranquila com seu bebezinho em uma área campestre. De repente, surge do nada três homens que mais parecem ter saído das histórias que escrevo: maus, sádicos e cuspindo fogo pela boca.

Um deles dá um soco na pobre moça que cai estirada no chão. Com uma faca ele levanta sua blusa, começando a sessão tortura, cortando sua barriga e dizendo que vai tirar suas tripas para fora. “Corta logo essa vadia!”, grita um deles.

Pode ser uma cena fictícia, mas mostra muito bem o sofrimento pelo qual passa uma vítima de assassinos sexuais psicopatas. Mas, diante de tal situação, o que poderia fazer uma pobre moça cercada de três brutamontes sanguinários? Bom, na imagem acima, você vê o que aconteceu com um deles.

Você pode achar esse um filme de terror B, que foi escorraçado pela crítica e que hoje é praticamente desconhecido. Mas quando olhamos para o nome do diretor, lá está escrito William Friedkin, o cara que só dirigiu O Exorcista, talvez o maior filme de horror da história. Então, seria este um filme incompreendido? Ou realmente uma tragédia?

Não há mistério: Phil e Kate são um jovem casal que contratam uma babá para cuidar do seu bebê. Em dado momento, percebemos que há algo macabro quando a babá, uma loira bonita e de olhos verdes, é atacada num bosque por três bandidos da pesada e, ao invés dela ser trucidada, são os três bandidos que passam dessa para melhor, dilacerados por uma árvore e comidos por uma matilha de lobos.

Esperem: uma árvore? É isso mesmo: uma árvore.

O filme, claro, tem um enredo que beira o absurdo, é cheio de clichês, com os pais do bebê… (não preciso dizer que eles só percebem o mal que os ronda no final do filme).

Por outro lado, sua excentricidade o faz ser diferenciado, afinal, quem em sã consciência dirigiria um filme sobre uma árvore que mata pessoas? Obviamente que a mão de Friedkin ajudou, deixando-o menos “tosco” possível. O filme tem um visual forte, efeitos especiais eficientes e um suspense que faz roer as unhas. É uma espécie de versão diabólica de A Mão que Balança o Berço. No nível intestinal, o final é satisfatório e excitante (não recomendado para os que tem aversão a sangue).

Apesar do enredo surreal, vale a pena conferir. Para os fãs xiitas do gênero.

Se você não tem nada pra fazer no fim de semana, está ai um filme pra assistir de noite e de preferência… sozinho. Veja o filme dublado abaixo.

Informações

Dicas de Filmes - A Árvore da Maldição - Poster

Título: The Guardian

Título no Brasil: A Árvore da Maldição

Direção: William Friedkin

Produção: Joe Wizan

Roteiro: Stephen Volk, William Friedkin, Dan Greenburg

Baseado em: The Nanny, de Dan Greenburg

Elenco: Jenny Seagrove, Dwier Brown, Carey Lowell

Distribuição: Universal Pictures

Lançamento: 27 de abril de 1990

País: Estados Unidos

Dicas de Filmes: A Árvore da Maldição


William Friedkin's The Guardian (1990) Part I… por pauraecarita



Curta O Aprendiz Verde No Facebook


"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no Whatsapp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Facebook!

Siga-nos no Twitter!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categorias

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Blogs Brasil

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Receba nosso conteúdo no WP
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Receba nosso conteúdo no WP