Notório serial killer australiano Robert Wagner coloca anúncio online a procura de mulheres

Ele é um dos mais famosos assassinos da Austrália, um torturador e assassino de dez pessoas, crimes pelos quais ele nunca mostrou remorso. Mas agora, Robert Wagner, 42, fez...
Na foto: Anúncio do serial killer Robert Wagner no site prisonpenpals.com. Créditos: Prison Pen Pals.

Na foto: Anúncio do serial killer Robert Wagner no site prisonpenpals.com. Créditos: Prison Pen Pals.

Ele é um dos mais famosos assassinos da Austrália, um torturador e assassino de dez pessoas, crimes pelos quais ele nunca mostrou remorso. Mas agora, Robert Wagner, 42, fez um apelo inusitado e surpreendente de sua cela da prisão de Yatala Labour, sul da Austrália.

“Oi, meu nome é Robert e estou a procura de mulheres para correspondência”, escreveu ele no website prisonpenpals.com. “Sinta-se livre para me perguntar qualquer coisa e eu responderei da forma mais honesta possível.”.

De acordo com o jornal Adelaide Now, autoridades australianas pediram para que o seu perfil fosse retirado do site.

Em um comunicado emitido para o jornal, autoridades disseram que estão monitorando suas cartas para interceptar qualquer correspondência vinda através do anúncio.

“Nenhum preso aqui é permitido o acesso à Internet”, disseram.

Acredita-se que um amigo de fora criou a conta para Wagner.

Wagner atuou juntamente a outro serial killer, John Bunting. A onda de matança da dupla durou oito anos. Uma das vítimas foi um ex-amante travesti de Wagner, Barry Lane, com quem namorou durante onze anos. Lane foi torturado e estrangulado em 1997.

Os corpos das vítimas eram armazenados em barris e a dupla mudava os corpos mutilados de lugar inúmeras vezes. Em 1999, oito corpos desmembrados foram encontrados em seis barris na cidade de Snowtown, 145 quilômetros de Adelaide.

Wagner foi condenado por dez assassinatos em Dezembro de 2003, entrando para o seleto grupo de serial killers australianos (Ivan Milat, Peter Dupas e Port Arthur) que nunca terão chances de pedir liberdade condicional. Na prova mais horripilante de todas, os jurados ouviram que Bunting havia fritado e comido a carne de sua última vítima. Três dos jurados passaram mal e foram dispensados do julgamento após ouvir as evidências do caso.

“O Sr. Bunting e o Sr. Wagner riam enquanto faziam o que faziam,” disse o promotor na época. Um poema apresentado durante o julgamento mostra que a dupla de serial killers acreditava que estavam limpando as ruas dos indesejados, “…prestamos um serviço à comunidade… nossas ruas devem ser limpas. Eu nunca serei preso, pois todos sabem que o meu tempo foi bem gasto.”.

Com informações: Adelaide Now

“Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.” (Platão)

Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no Whatsapp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Facebook!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categorias

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Blogs Brasil

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers