Spree killer racista é condenado a mais duas perpétuas

Um supremacista branco acusado do assassinato de quatro pessoas em três estados – um porque seu nome “parecia Judeu” – foi sentenciado a duas prisões perpétuas pelo assassinato de...
David Pedersen
Na foto: O spree killer David "Joey" Pedersen. Foto: Oregon Live.

Na foto: O spree killer David “Joey” Pedersen. Foto: Oregon Live.

Um supremacista branco acusado do assassinato de quatro pessoas em três estados – um porque seu nome “parecia Judeu” – foi sentenciado a duas prisões perpétuas pelo assassinato de duas de suas quatro vítimas.

David “Joey” Pedersen, 34, foi condenado em 3 de Agosto em uma corte federal de Portland, Oregon, pelo assassinato de Cody Myers, de Lafayette, Oregon, e Reginald Clark, de Eureka, Califórnia. Pedersen já está servindo uma pena de prisão perpétua no estado de Washington pelos assassinatos de seu pai e madrasta em Everett, Wash.

Pedersen e sua namorada, Holly Ann Grigsby, 27, foram presos em Outubro de 2011 após uma onda de matança que durou um mês, e que teve palco em três estados: Califórnia, Washington e Oregon. Gribsby teria dito a investigadores que Myers, um cristão, teria sido morto porque seu nome parecia judeu.

Gribsby disse ainda que ela e seu namorado pretendiam matar mais judeus em Sacramento, Califórnia.

Na foto: Holly Ann Grigsby e David "Joey" Pedersen. Créditos: AOL.

Na foto: Holly Ann Grigsby e David “Joey” Pedersen. Créditos: AOL.

Investigações apontaram que o casal era membro de um grupo criminal que promovia a supremacia branca. Eles roubavam suas vítimas para financiar a campanha de morte, roubavam seus carros para escapar e os assassinavam para eliminar testemunhas e evitar a captura.

O grupo do qual eles participavam, segundo documentos lidos no tribunal, tinha como alvo líderes e proeminentes judeus. Pedersen pesquisou nomes e endereços de organizações judaicas em Seattle, Portland e Sacramento, para identificar potenciais vítimas para eliminação.

Com informações: The Jewish Daily Forward

“Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz.” (Platão)

Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no Whatsapp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Facebook!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categorias

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Blogs Brasil

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers