Spree killer racista é condenado a mais duas perpétuas

Um supremacista branco acusado do assassinato de quatro pessoas em três estados – um porque seu nome “parecia Judeu” – foi sentenciado a duas prisões perpétuas pelo assassinato de...
David Pedersen
Na foto: O spree killer David "Joey" Pedersen. Foto: Oregon Live.

Na foto: O spree killer David “Joey” Pedersen. Foto: Oregon Live.

Um supremacista branco acusado do assassinato de quatro pessoas em três estados – um porque seu nome “parecia Judeu” – foi sentenciado a duas prisões perpétuas pelo assassinato de duas de suas quatro vítimas.

David “Joey” Pedersen, 34, foi condenado em 3 de Agosto em uma corte federal de Portland, Oregon, pelo assassinato de Cody Myers, de Lafayette, Oregon, e Reginald Clark, de Eureka, Califórnia. Pedersen já está servindo uma pena de prisão perpétua no estado de Washington pelos assassinatos de seu pai e madrasta em Everett, Wash.

Pedersen e sua namorada, Holly Ann Grigsby, 27, foram presos em Outubro de 2011 após uma onda de matança que durou um mês, e que teve palco em três estados: Califórnia, Washington e Oregon. Gribsby teria dito a investigadores que Myers, um cristão, teria sido morto porque seu nome parecia judeu.

Gribsby disse ainda que ela e seu namorado pretendiam matar mais judeus em Sacramento, Califórnia.

Na foto: Holly Ann Grigsby e David "Joey" Pedersen. Créditos: AOL.

Na foto: Holly Ann Grigsby e David “Joey” Pedersen. Créditos: AOL.

Investigações apontaram que o casal era membro de um grupo criminal que promovia a supremacia branca. Eles roubavam suas vítimas para financiar a campanha de morte, roubavam seus carros para escapar e os assassinavam para eliminar testemunhas e evitar a captura.

O grupo do qual eles participavam, segundo documentos lidos no tribunal, tinha como alvo líderes e proeminentes judeus. Pedersen pesquisou nomes e endereços de organizações judaicas em Seattle, Portland e Sacramento, para identificar potenciais vítimas para eliminação.

Com informações: The Jewish Daily Forward

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no Whatsapp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Facebook!

Siga-nos no Twitter!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categorias

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Blogs Brasil

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Receba nosso conteúdo no WP
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Receba nosso conteúdo no WP