Surinder Koli: Em última tentativa para escapar da morte, serial killer escreve para Barack Obama

Barack Obama é o homem mais poderoso da terra, e o serial killer indiano Surinder Koli espera que, como um Super Homem, o Presidente dos Estados Unidos o salve...
Surinder Koli - Mae quer ver o filho
Na foto: O serial killer Surinder Koli. Foto: AFP.

Na foto: O serial killer Surinder Koli. Foto: AFP.

Barack Obama é o homem mais poderoso da terra, e o serial killer indiano Surinder Koli espera que, como um Super Homem, o Presidente dos Estados Unidos o salve da corda.

A poucos dias a Suprema Corte da Índia negou um recurso do assassino que há cerca de um mês esteve com a corda no pescoço e foi salvo de última hora. Agora, Koli recorreu a Obama através de uma carta onde pede a intervenção do americano para que seja feita uma “investigação livre e justa” de seu caso.

Koli foi condenado à morte pelo assassinato de mais de duas dezenas de crianças, mortas na propriedade de seu patrão, Moninder Singh Pandher, em Nithari, entre 2005 e 2006.

Em sua carta de quatro páginas ao presidente dos Estados Unidos da América, Koli disse que o verdadeiro culpado foi seu patrão Pandher, que por ser rico e influente, obteve proteção policial. Ele alega que Pandher usou de seu dinheiro e poder para salvar a si mesmo e implicá-lo.

“A casa onde o crime foi comentido pertence a Pandher. Ele é um psicopata que faz coisas estranhas. Ele matou as crianças. Mas as polícia do [estado de] Uttar Pradesh não investigou o caso corretamente. Pandher usou dinheiro e poder para me implicar no caso. Os culpados reais continuarão com seus crimes após minha morte porque eles estão contrabandeando órgãos humanos há muito tempo”, afirma Koli na carta.

Koli deu uma cópia da carta a um conhecido que divulgou na imprensa. O serial killer ainda afirmou que havia muitas gangues na Índia envolvidas com tráfico de órgãos humanos e disse que uma investigação adequada para o caso só será possível caso alguma agência de fora da Índia faça.

Com a morte batendo à sua porta, na última quarta-feira Koli exigiu que lhe fossem dadas um Bhagavad-Gita (texto religioso hindu) e a autobiografia de Mahatma Gandhi.

A família de Koli também acredita que ele é apenas um bode expiatório. “Nós poderíamos tê-lo salvo se tivéssemos dinheiro. Muitos policiais envolvidos na investigação, de repente, tornaram-se ricos. Foi como Pandher pagou sua fiança e é como meu filho foi premiado com a pena de morte”, disse a mãe do serial killer, Kunti Devi.

A nova data para a execução do serial killer deve ser anunciada nas próximas semanas.

A história de Surinder Koli, o “Necrófilo Canibal”, pode ser lida no link abaixo:

Com informações: Daily Mail

Curta O Aprendiz Verde No Facebook



"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
  • Regiane

    E as vítimas que ele fez, tiveram oportunidade de escrever cartinha a alguém?

DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Facebook!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categories

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers