Cabeça do serial killer Fritz Haarmann é cremada 89 anos depois

A cabeça do serial killer alemão conhecido como “O Açougueiro de Hannover” foi cremada após permanecer guardada por 89 anos. O jornal Goettinger Tageblatt reportou ontem (24) que o...

O serial killer Fritz Haarmann fortemente escoltado da cadeia até o tribunal para o seu julgamento. Data: 31 de Dezembro de 1924. Berlin, Alemanha. Foto: © Bettmann/CORBIS.

O serial killer Fritz Haarmann fortemente escoltado da cadeia até o tribunal para o seu julgamento. Data: 31 de Dezembro de 1924. Berlin, Alemanha. Foto: © Bettmann/CORBIS.

A cabeça do serial killer alemão conhecido como “O Açougueiro de Hannover” foi cremada após permanecer guardada por 89 anos.

O jornal Goettinger Tageblatt reportou ontem (24) que o departamento médico da Universidade de Goettingen confirmou que incinerou os restos mortais de Fritz Haarmann ano passado.

Haarmann foi decapitado na guilhotina em 1925 após ser considerado culpado do assassinato de mais de 20 adolescentes e homens jovens entre 1918 e 1924.

Os detalhes macabros que emergiram durante o seu julgamento chamaram a atenção da mídia internacional e o caso é comumente citado como uma das inspirações para o filme de Fritz Lang “M – O Vampiro de Dusseldorf” (1931).

Após sua morte, a cabeça de Haarmann foi preservada em formaldeído e mantida para pesquisas.

Haarmann não foi o único serial killer alemão cuja cabeça foi mantida para estudos. Já na primeira metade do século passado cientistas da Alemanha eram intrigados pelos homens que matavam de forma serial. Peter Kurten, o “Rei dos Pervertidos Sexuais”, também teve sua cabeça mantida para estudos e atualmente está exposta no museu Ripley Believe It or Not! 

A cabeça conservada do serial killer Fritz Haarmann. Foto: © Paul. Goettinger Tageblatt.

A cabeça conservada do serial killer Fritz Haarmann. Um dos itens mais “valiosos” do departamento de Medicina da Universidade de Goettinger, a cabeça de Haarmann foi alvo de uma queda de braço entre cientistas e opinião pública. Uns queriam que ela fosse para o museu aberto da Universidade, outros que fosse cremada. Em 2014 eles decidiram esse problema: infelizmente para alguns, a cabeça de Haarmann foi cremada. Foto: © Paul. Goettinger Tageblatt.

A cabeça de Fritz Haarmann. Foto: © dpa Archive.

A cabeça de Fritz Haarmann. Foto: © dpa Archive.

A cabeça de Fritz Haarmann. Foto: © dpa Archive.

A cabeça de Fritz Haarmann. Foto: © dpa Archive.

Fritz Haarmann caminha para o seu julgamento em Dezembro de 1924. Foto: Bundesarchiv Bild.

Fritz Haarmann caminha para o seu julgamento em Dezembro de 1924. Foto: Bundesarchiv Bild.



O julgamento de Fritz Haarmann. Data: Dezembro de 1924. Foto: Bundesarchiv Bild.

O julgamento de Fritz Haarmann. Data: Dezembro de 1924. Foto: Bundesarchiv Bild.

Fritz Haarmann

Um dos mais mortais serial killers dos tempos modernos é o alemão Friedrich Heinrich Karl Haarmann, mais conhecido como Fritz Haarmann.

Em 17 de Maio de 1924, um crânio foi encontrado perto do Rio Leine, um rio que corta a cidade alemã de Hannover. Poucos dias depois mais três crânios foram encontrados no local. Em 24 de Julho o pesadelo começou a tomar forma quando crianças encontraram um saco na margem do rio contendo ossos humanos. A polícia decidiu dragar o rio e o horror foi descoberto: mais de 500 ossos pertencentes a pelo menos 27 pessoas foram encontrados.

Nessa época, Haarmann estava preso por molestar sexualmente um adolescente. Quando policiais entraram em sua casa encontraram várias roupas de suas vítimas.

“Em torno de 50, 70”, disse ele aos investigadores sobre o número de adolescentes que matou. Entretanto, a polícia conseguiu levantar provas de apenas 24 assassinatos.

Como muitos serial killers, Fritz Haarmann tinha uma aparência simples, era amigável e educado. Um homem acima de qualquer suspeita. Mas esse era apenas um contraste para o que se escondia dentro dele.

“Nunca tive a intenção de ferir aqueles jovens, mas sabia que, se continuasse, alguma coisa aconteceria, e isso me fez chorar… Eu me atirava sobre aqueles garotos e mordia o pomo de Adão, estrangulando-os ao mesmo tempo. Fazia dois cortes no abdome e punha os intestinos em um balde, depois absorvia o sangue e esmagava os ossos até quebrar os ombros. Então, podia chegar ao coração, aos pulmões e aos rins, e os picava e punha no meu balde. Removia a carne dos ossos e punha na minha bolsa de tecido encerado. Precisava fazer cinco ou seis viagens para levar tudo e jogar na privada ou no rio. Sempre odiei fazer isso, mas não conseguia evitar, minha paixão era muito maior que o horror de cortar e picar.” 

[Fritz Haarmann]

AP

Curta O Aprendiz Verde No Facebook


"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Facebook!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categories

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers