Serial killers de Moscou atacavam moradores de rua bêbados para “limpar” a capital russa

Acredita-se que um casal preso seja uma dupla de serial killers que assassinou pelo menos sete pessoas nas ruas de Moscou, em sua maioria moradores de rua.
Serial Killer - Rússia

Corpo de vítima é retirado do local do crime. Foto: Lifenews.

Corpo de vítima é retirado do local do crime. Foto: Lifenews.

Um homem e uma mulher, suspeitos de serem um casal de ser serial killers, foram presos em Moscou, informaram investigadores. Acredita-se que ambos tenham assassinado pelo menos sete pessoas em uma cruzada para “limpar” as ruas de sua população de sem-tetos.

Os assassinatos foram cometidos entre Julho de 2014 e Fevereiro de 2015, afirmou em nota o Comitê Investigativo da Rússia. Os suspeitos, um homem de 20 anos e uma mulher de 25, atacavam “pessoas sem teto com vício em álcool”. O homem afirmou que queria “limpar” a cidade.

O site do tabloide Lifenews afirmou que a lista de vítimas da dupla pode ser bem maior. De acordo com seu relatório, os suspeitos, chamados Pavel e Elena, espancaram e esfaquearam 12 pessoas até a morte.

O primeiro deles, identificado pelo Lifenews como Stalislav Evseev, de 35 anos, tinha 107 marcas de perfurações no corpo, de acordo com o pai dele. Ironicamente, a vítima não era um sem-teto, mas havia desmaiado no banco de um parque após beber cerveja demais com um amigo.

As evidências nos outros assassinatos apontaram para um mesmo modus operandi – dezenas de facadas desferidas em vítimas indefesas.

O casal de serial killers Paul Voitov

O casal de serial killers Paul Voitov e Elena Lobacheva. Foto: HTB.

A serial killer Elena Lobacheva afirmou que sentia orgasmos ao matar pessoas. Mulher era fã do personagem "Chucky", do filme Brinquedo Assassino. Foto: Lifenews.

A serial killer Elena Lobacheva afirmou que sentia orgasmos ao matar pessoas. Mulher era fã do personagem “Chucky”, do filme “Brinquedo Assassino”, e disse que desde criança, após assistir ao filme “A Noiva de Chucky”, tinha o desejo de matar. Foto: Lifenews.

Os supostos assassinos foram pegos após terem falhado na tentativa de executar sua última vítima, no domingo (15/2). O homem, que trabalhava como gari, repeliu o ataque com uma chave de fenda.

Apesar de ter sofrido vários ferimentos a faca, ele conseguiu chegar em casa e pedir ajuda. O homem, que foi levado ao hospital e no momento encontra-se na UTI, deu à polícia uma descrição dos dois agressores, o que levou à prisão deles, segundo o Lifenews.

A polícia afirma estar investigando o possível envolvimento de dois outros cúmplices na onda de matança. No apartamento do casal, a polícia encontrou fotos das vítimas, incluindo barrigas abertas e órgãos sexuais removidos, no notebook de Elena.

Veja abaixo um vídeo sobre o caso.

Com informações: RT

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no Whatsapp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Facebook!

Siga-nos no Twitter!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categorias

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Blogs Brasil

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Receba nosso conteúdo no WP
Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Receba nosso conteúdo no WP