Reportagem Retrô: Alimentou seus Jacarés com Gatos, Cães e Talvez Garotas

Reportagem Retrô é uma coluna do blog O Aprendiz Verde que traz reportagens, matérias e artigos antigos publicados em algum lugar do nosso tempo-espaço. Trazer essas matérias é uma...
Joe Ball - serial killer
Alimentou seus Jacarés com Gatos, Cães e Talvez Garotas.

Alimentou seus Jacarés com Gatos, Cães e Talvez Garotas.

Reportagem Retrô é uma coluna do blog O Aprendiz Verde que traz reportagens, matérias e artigos antigos publicados em algum lugar do nosso tempo-espaço. Trazer essas matérias é uma forma de resgatarmos o passado e, por um instante, ter um vislumbre daquele registro de época.

A Reportagem Retrô de hoje foi publicada no jornal The Milwaukee Sentinel em 12 de Novembro de 1938, e fala sobre os crimes de Joe Ball.

seta

Fed His Alligators With Cats, Dogs and Maybe Girls

Fed His Alligators With Cats, Dogs and Maybe Girls. The Milwaukee Sentinel.

Alimentou seus Jacarés com Gatos, Cães e Talvez Garotas


The Milwaukee Sentinel – 12 de Novembro de 1938

.

“Viu – eu disse a você que ela estava lá”, murmurou Clifton Wheeler, um Negro curiosamente sem emoção, agora conhecido em todo Texas como o “Braço Direito” do “Barba Azul” Joe D. Ball, que colocou uma bala em seu próprio coração outro dia quando investigadores pediram-lhe para ir com eles à delegacia para responder algumas perguntas – entre outras coisas, que tipo de dieta ele estava submetendo seus jacarés de estimação?

Clif estava entre dunas de areia, apontando para alguns objetos brancos que saíam das garras de ferro de uma pá mecânica, juntamente com uma grande “mordida” de areia. Estes fragmentos esbranquiçados acabaram por ser os ossos do tornozelo de Minnie Maye Gotthardt, uma bonita garçonete que desapareceu a cerca de 18 meses da sinistra taberna de Joe Ball.

Assim que o Xerife John Gray os viu, gritou e o operador da pá parou, com as mandíbulas abertas, como se estivesse horrorizado pelo que a máquina havia cuspido.

O resto do que um dia fora Minnie, uma garota de 22 anos, logo foi removido por uma mão ao lado de uma cova, seis metros de profundidade por nove de diâmetro, que a máquina havia escavado. Ela foi a segunda vítima a ser descoberta do “Barba Azul do Texas”.

Foi Clif quem apontou para o local e falou:

“A senhorita Minnie está logo ali.”

De certa forma, este foi um triunfo para Wheeler, corroborando sua fala, mas inútil já que ele recebeu duas acusações de assassinato, como alegado cúmplice de seu chefe e cujo desmascaramento veio da maneira mais improvável e inesperada que se possa imaginar. Um velho mexicano e tagarela, ao conversar com o Xerife Gray, soltou esta observação:

“Então, a esposa de Joe Ball também desapareceu. Bem, eu o vi carregando um grande tambor por ai, segunda-feira a noite. O que você acha disso?”

Ninguém esperaria que um oficial da lei, muito menos um xerife cabeça dura do Texas, daria ouvidos a fofocas, mas esta ele não apenas ouviu como agiu. Acompanhado de um outro oficial, ele foi até a taberna de Joe em Elmendorf, a poucos quilômetros de San Antonio.

Legenda original: Joe D. Ball, o hoteleiro assassino, que também adorava belas paisagens e boas bebidas. The Milwaukee Sentinel.

Legenda original: Joe D. Ball, o hoteleiro assassino, que também adorava belas paisagens e boas bebidas. The Milwaukee Sentinel.

Existem dois tipos de hoteleiros, aquele que se mantêm dentro da lei, tocando um lugar respeitável que é uma bênção para o bairro, e o que apenas age dentro das franjas do crime e muitas vezes permanece lá mais do que gostaria. Tais lugares são, invariavelmente, perturbações públicas, detestados pelos vizinhos, mas seus proprietários são “escorregadios” e difíceis de pegar. Se possível eles compram proteção policial. O estabelecimento de Joe era desse tipo, frequentado por Mexicanos, Negros e alguns brancos. Convidados eram as vezes “enrolados” por seu dinheiro, mas ninguém podia provar que o proprietário tinha alguma coisa a ver com isso.

Vizinhos disseram que todos os tipos de coisas ilícitas existiam por lá, mas uma vez que eles não frequentavam o lugar, muitas coisas eram considerados boatos. Os convidados eram todos conhecidos de Joe ou dos frequentadores.

A pousada tinha uma piscina de concreto onde viviam cinco jacarés, uma atração totalmente legítima, mas vizinhos afirmaram que Joe às vezes entretia seus convidados jogando cães e gatos vivos aos répteis. Os gritos de morte das vítimas e os uivos cruéis de alegria dos espectadores fizeram com que os vizinhos se queixassem. Mais tarde descobriu-se que essas reclamações eram verdadeiras e fotografias reais mostravam Joe realizando o ato cruel. Mas na região a história era considerada boato.

Recentemente as histórias sobre a taberna tomaram um rumo mais sinistro. Elas mencionavam uma série de mulheres que haviam estado lá, trabalhado e então desapareciam. Na lista também havia um garoto de 16 anos conhecido apenas como Bud.

A imputação era que todas essas pessoas haviam desaparecido pelas mãos do “Barba Azul” Ball, então por que as autoridades não fizeram nada a respeito? Uma razão é que pensionistas são as vezes pessoas estranhas que, por razões melhores conhecidas por eles mesmos, muitas vezes mudam seus nomes e mudam de lugar, mas isto não é razão para pensar que elas foram mortas.

Um dos últimos desaparecimentos foi o da esposa de Ball, que dizem ser sua terceira. No topo de todos os outros rumores, este foi a última gota, fazendo o Sr. Gray tomar uma atitude, apertar o cerco e fazer algumas perguntas.

Do outro lado de seu bar Joe cumprimentava seus clientes afavelmente, assegurando-lhes que sua esposa estava visitando parentes em San Diego. Embora eles não soubessem, até então, que fosse verdade.

Em seguida, ele negou ter carregado qualquer barril como foi descrito por uma testemunha. Mas os investigadores sabiam que ele estava mentindo já que a irmã de Joe, Sra. James Loap, havia informado-lhes que ele armazenara-o uma noite no celeiro. Por isso Gray disse a Joe que ele deveria vir com eles para interrogatório.

O proprietário riu e pediu um tempo para beber uma cerveja e contar seu dinheiro antes de virar-se ao seu braço-direito de 32 anos, que ouvia a tudo impassivelmente. Pensativo, Joe Ball bebeu sua cerveja, então foi até a caixa registradora, mas em vez de contar o dinheiro, ele, de repente, armou-se com uma pistola. Ele rapidamente moveu o braço para frente e para trás, apontando primeiro para um investigador e depois o outro. Após um minuto mais ou menos, os homens da lei decidiram fazer alguma coisa e empunharam suas armas, à espera de uma batalha. Mais uma vez, o “Barba Azul” agiu inesperadamente, virando a arma contra si mesmo e enviando uma bala direto para o seu próprio coração.

Legenda original: Especialista em digital examinando o machado usado para picar o corpo da bela "Schatze". The Milwaukee Sentinel.

Legenda original: Especialista em digital examinando o machado usado para picar o corpo da bela “Schatze”. The Milwaukee Sentinel.

Este suicídio evitou a prisão, foi uma confissão não falada de crime, mas que crime? Buscas no local encontraram um machado com manchas de sangue e um par de cabelos pregados nele. Isto parecia ser uma arma de crime, mas quem havia sido assassinado? Mais buscas revelaram uma grande quantidade de cartas de várias mulheres. Elas podem ser classificadas como cartas de amor que as autoridades se recusam a mostrar à imprensa, sob o argumento de que são impublicáveis. Ainda, não havia nenhuma evidência de que alguma delas havia sido morta.

Em seguida, eles se voltaram para o cara de blefe Wheeler, Clif, que inicialmente disse-lhes não ter visto ou ouvido qualquer conversa sobre crime. As mulheres iam e vinham, mas isso não era da sua conta, assim ele não fazia perguntas.

Entretanto, os investigadores continuaram cavando na terra, mais e mais, fazendo aquelas perguntas que parecem tão triviais, mas que na verdade são ardilosamente planejadas. Depois de um tempo eles mostraram a Clif que suas respostas apontavam como se ele estivesse tentando esconder algo. “Onde está o corpo da Sra. Ball”, Gray exigiu saber.

Honestamente, Sr. Xerife, não era o corpo dela que estava naquele barril”, o homem de cor respondeu. “Era o de Shatze.” Esse era o apelido dela. Ele estava falando da senhorita Hazel Brown. Hazel, uma linda pensionista no bar, [parte do texto ilegível] estava entre as desaparecidas.

Legenda original: Hazel Brown, a quem o "Barba Azul" carinhosamente chamava de "Schatze", ou "Tesouro", foi morta e desmembrada com uma faca de açougueiro e um machado. The Milwaukee Sentinel.

Legenda original: Hazel Brown, a quem o “Barba Azul” carinhosamente chamava de “Schatze”, ou “Tesouro”, foi morta e desmembrada com uma faca de açougueiro e um machado. The Milwaukee Sentinel.

Clif disse não estar presente no momento do assassinato e não perguntou nada pelo fato das mulheres não serem de sua conta, mas seu empregador lhe disse que a havia matado. Na noite seguinte, ele ordenou Clif a levar o corpo até um penhasco com vista para o Rio San Antonio. Joe levou um machado e uma faca cerrada de açougueiro da cozinha da taberna e enquanto o homem de cor olhava, ele serrou e cortou os membros e cabeça do tronco, assim ele não precisaria de uma cova grande.

Eles cavaram uma pequena e rasa cova, jogaram as partes do corpo e cobriram com terra e alguns paus. Primeiramente, na esperança de torná-la irreconhecível, Joe colocou as roupas da garota cobrindo sua cabeça, derramou gasolina e ateou fogo. Durante toda aquela noite [parte do texto ilegível] enquanto atendia seus clientes.

Após sua confissão, Wheeler levou os investigadores até a sepultura e, pela luz de um fogo fraco, desenterraram os restos, fumando um cigarro e aparentemente pensando que ele não estava envolvido. Eles também encontraram a faca serrada que Joe jogou fora. Os investigadores se esforçaram muito para fazer com que Clif dissesse porque Ball matou Brown. Após um tempo eles ficaram paralisados com a seguinte declaração.

“Talvez ela soubesse muito sobre o tiro que ele deu na senhorita Minnie.”

Quando eles recobraram do choque, Clif falou sobre o episódio. Por volta de 18 meses atrás, Ball levou Minnie para um dia na praia perto de Ingleside, no Golfo. Clif não sabia por que ele foi mandado a ir junto, mas descobriu depois. Ele novamente seria um assistente.

Naquela tarde, a inocente garota sentou ao lado de Joe, a conversa ficou romântica e ele pediu a ela que visse o quão bonita estava a lua no horizonte, acima das ondas. Aquela vista foi a última que a garota viu na terra porque, ao contemplar a lua, “Barba Azul” puxou um revólver debaixo de um cobertor e colocou uma bala na cabeça dela.

Houve, então, um outro desmembramento e enterro em uma cova rasa.

Wheeler não tinha dúvidas de que poderia levá-los até a cova, fácil como da outra vez, mas quando eles chegaram na região, descobriram que uma tempestade de vento havia alterado o local, preenchendo o vale entre as duas com três a seis metros de areia. Ainda assim, ele estava não positivo que os homens “continuaram cavando” por dois dias a fio.

Então, provavelmente pela primeira vez, uma escavadeira foi usada para cavar por uma vítima de assassinato. Por quase todo dia, a máquina choramingou e entreteu uma multidão, em sua maioria mulheres, que viam ansiosos os movimentos da pá. Alguns desses espectadores mórbidos levaram os filhos e haviam tantos deles que um vendedor de rua lucrou vendendo refrigerantes em um carrinho.

Animados com a descoberta dos ossos do tornozelo, eles correram, rindo e gritando, crianças e todo mundo, até a borda do poço, fazendo o investigador J. Klevenhagen escorregar para dentro. Quando a bagunça foi contida, esses estranhos e macabros espectadores se alinharam o mais perto que podiam, para ver tudo. Sua vibração foi silenciada pela voz do juiz N.D. Sanford.

“O tribunal está começando aqui,” disse ele. Então, com o Negro olhando para o crânio da vítima, Clif fez sua declaração de como o assassinato havia sido cometido e jurou ao juiz. O que restou da pobre Sra. Minnie foi então colocado em uma sacola de lona, os espectadores espalhados se aproximaram e no momento em que o saco foi levado até um carro, oito mulheres chegaram e imploraram para ver e o saco foi aberto.

Legenda original: os habitantes da taberna, jacarés amarrados em seu caminho para o zoológico municipal. The Milwaukee Sentinel.

Legenda original: os habitantes da taberna, jacarés amarrados em seu caminho para o zoológico municipal. The Milwaukee Sentinel.

Quantas mais pensionistas podem estar deitadas em covas rasas é agora especulação, até porque Clif parou de falar. Foi relatado que uma testemunha disse que o “Barba Azul”, além de jogar animais vivos aos jacarés, às vezes alimentava-os com pedaços de carne humana. Se isto foi confirmado ou não, as autoridades não irão dizer.

Nota do Aprendiz: Para mais sobre Joe Ball, o açougueiro de Elmendorf, leia os posts abaixo:

Curta O Aprendiz Verde No Facebook


"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Facebook!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categories

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers