Polícia de Phoenix prende serial killer conhecido como “Atirador em Série de Rua”

Autoridades de Phoenix ficaram de olho em Aaron Juan Saucedo, 24, durante nove meses antes de ligá-lo oficialmente aos assassinatos em série ocorridos na cidade entre janeiro de 2015...
Atirador em Série de Rua
Polícia ofereceu uma recompensa de 75 mil dólares por pistas que levassem à prisão de serial killer. Eles compartilharam um cartaz com seu retrato falado e uma BMW preta, carro que uma testemunha disse ter visto o assassino dirigindo.

Polícia ofereceu uma recompensa de 75 mil dólares por pistas que levassem à prisão de serial killer. Eles compartilharam um cartaz com seu retrato falado e uma BMW preta, carro que uma testemunha disse ter visto o assassino dirigindo.

Autoridades de Phoenix ficaram de olho em Aaron Juan Saucedo, 24, durante nove meses antes de ligá-lo oficialmente aos assassinatos em série ocorridos na cidade entre janeiro de 2015 e julho de 2016. A prisão do homem que a polícia acusa de ser o “Atirador em Série de Rua” ocorreu em 8 de maio último e foi baseada em declarações de testemunhas, evidências balísticas e imagens de câmeras de segurança.

Quinze cápsulas de balas foram encontrados em dois veículos que Saucedo usava. A polícia vinculou as cápsulas à série de assassinatos não resolvidos que aterrorizaram Phoenix ano passado. Autoridades divulgaram poucos detalhes da investigação que levou até Saucedo, um dos mais prolíficos assassinos em série de Phoenix – nove homicídios em apenas 11 meses. Mas detalhes judiciais obtidos por jornalistas mostram que a polícia começou a ficar de olho nele em 7 de agosto de 2016, quando testemunhas ligaram para os detetives informando como Saucedo se parecia com o retrato falado divulgado. Ligações anônimas também informaram como o suspeito havia parado de dirigir uma BMW preta após a polícia vir a público dizer que o assassino estava dirigindo um carro similar. Além disso, Saucedo deixou a barba crescer, talvez para ficar diferente do retrato-falado, relatou testemunhas.

O retrato falado feito pela polícia e o suspeito preso pela polícia, Aaron Saucedo. ABC News.

O retrato falado feito pela polícia e o suspeito preso pela polícia, Aaron Saucedo. ABC News.

Em 22 de abril, uma testemunha não identificada entregou uma arma para a polícia que o pai de Saucedo havia confiscado por “questões de segurança”. A arma era uma calibre Bryco Arms .380, que a polícia mais tarde ligou ao assassinato de Jesse Olivas. Os documentos judiciais também revelaram que havia 14 cápsulas em um Hyundai Sonata que Saucedo possuía na época dos assassinatos, além de uma cápsula encontrada em sua BMW preta. A polícia concluiu que 13 das cápsulas do Sonata pertenciam a uma arma 9mm assim como a cápsula encontrada na BMW; disparadas pela mesma arma que deixou cápsulas em nove cenas de crime. A cápsula restante era de uma arma .380.

Através de registros de lojas de penhor, a polícia colocou Saucedo na posse de três armas, alegadamente utilizadas nos crimes do atirador em série de rua.

Em 2 de julho de 2015, Saucedo comprou uma arma 9mm de uma loja de penhores e a vendeu em 1 de setembro de 2015. Nesse tempo, a arma foi usada em 12 de agosto de 2015 e no assassinato de Raúl Romero em 16 de agosto.

No mesmo dia em que vendeu a 9mm, Saucedo comprou a Bryco Arms .380. Esta arma, de acordo com testes balísticos, foi a arma utilizada para matar Olivas em 1 de janeiro de 2016.

Saucedo, então, comprou outra arma 9mm em 21 de fevereiro de 2016, que foi utilizada em nove incidentes entre março e julho de 2016.

A polícia relatou que Saucedo admitiu dirigir uma BMW 540i ano 2001 entre maio e agosto de 2016, carro consistente com as imagens de segurança coletadas no último assassinato.

Até o momento, Saucedo foi oficialmente acusado de apenas um dos homicídios. Ele ainda aparecerá no tribunal para os outros assassinatos e declarou inocência em sua primeira aparição na corte.

  • Este caso fez parte de nosso post anual dos crimes mais notórios e horripilantes do ano. Veja no link abaixo [Ver Crime 24]

Vítimas


.

Horacio De Jesus Pena, 32, morto em 3 de junho. Manuel Castro Garcia, 19, morto uma semana depois em 10 de junho. Diego Verdugo-Sanchez, 21, morto em 1 de abril de, 2016.

Horacio De Jesus Pena, 32, morto em 3 de junho. Manuel Castro Garcia, 19, morto uma semana depois em 10 de junho. Diego Verdugo-Sanchez, 21, morto em 1 de abril de, 2016.

Krystal Annette White, 55, assassinada em 19 de abril; Jesse Olivas, 22, assassinado em janeiro de 2016. Saucedo foi inicialmente preso pelo assassinato de Raul Romero , 61, (à direita), em 2015.

Krystal Annette White, 55, assassinada em 19 de abril; Jesse Olivas, 22, assassinado em janeiro de 2016. Saucedo foi inicialmente preso pelo assassinato de Raul Romero , 61, (à direita), em 2015.

Maleah Ellis, 12; Stefanie Ellis e Angela Linner. As três mulheres foram assassinadas em 12 de junho. Maleah e Stefanie eram mãe e filha, e Angela era amiga de Stefanie.

Maleah Ellis, 12; Stefanie Ellis e Angela Linner. As três mulheres foram assassinadas em 12 de junho. Maleah e Stefanie eram mãe e filha, e Angela era amiga de Stefanie.

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Dupla Identidade – Bruno Gagliasso

Glória Perez

Ilana Casoy

OAV TV

OAV TV

Queremos Você!

Queremos Você!

Siga-nos no Twitter

Siga-nos no Facebook!

21 Anos de Arquivo-X

20 Anos da Execução de Andrei Chikatilo

20 Anos da Execução de John Wayne Gacy

O nascimento de um serial killer

Categorias

Contribua com O Aprendiz Verde!

Bate-Papo

Blogs Brasil

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers

Follow

Get every new post delivered to your Inbox

Join other followers