Serial killer uzbeque que matou 11 mulheres é extraditado para a Rússia para ser julgado

UMA DOR ROMÂNTICA MACABRA: BAKHTIYOR MATYAKUBOV, O SERIAL KILLER UZBEQUE QUE MATOU MULHERES APÓS SOFRER UMA TRAIÇÃO. Conhecida por seus inúmeros pontos turísticos e seu imenso poder bélico, a...
Bakhtiyor Matyakubov - capa
O serial killer uzbeque Bakhtiyor Matyakubov. Foto: KP.ru.

O serial killer uzbeque Bakhtiyor Matyakubov. Foto: KP.ru.

UMA DOR ROMÂNTICA MACABRA: BAKHTIYOR MATYAKUBOV, O SERIAL KILLER UZBEQUE QUE MATOU MULHERES APÓS SOFRER UMA TRAIÇÃO.

Conhecida por seus inúmeros pontos turísticos e seu imenso poder bélico, a Rússia é sem dúvidas um dos destinos mais procurados quando o assunto é diversidade e novas experiências.

Mas por trás de toda a beleza que envolve o icônico país, histórias desconcertantes preenchem o cotidiano dos russos, com seus detalhes infames e conspirações. A mais recente, que apresenta como protagonista um homem de 45 anos chamado Bakhtiyor Matyakubov, demonstra o quão longe chega o nível de insanidade do ser humano.

O homem de meia-idade, cuja aparência comum descartaria praticamente toda e qualquer suspeita de ação criminosa, assassinou cerca de 11 mulheres, em três diferentes países – cinco na Rússia, três no Uzbequistão, e três na Ucrânia -, tendo sido condenado à morte na Ucrânia por três destes homicídios, e agora passa por julgamento na cidade russa de Moscou, onde aguarda a sentença. Todos os crimes ocorreram em 2015.

Uma das vítimas de Matyakubov foi a vendededora Yulia Lebezhina, 26, que foi esfaqueada 20 vezes. Nesta foto, no dia de seu casamento. Foto: East2west News.

Outra vítima do maníaco, Natalia Yelkina, 34, foi estuprada e assassinada após Matyakubov retornar à Rússia após uma onda de matança na Ucrânia.

Outra vítima do maníaco, Natalia Yelkina, 34, foi estuprada e assassinada após Matyakubov retornar à Rússia após uma onda de matança na Ucrânia.

Matyakubov assassinou três mulheres em seu país natal, então se mudou para Moscou, onde matou mais cinco. Meses depois, ele viajou até a Ucrânia onde matou mais três mulheres e foi preso. Condenado à prisão perpétua, ele foi extraditado para a Rússia para ser julgado pelos cinco assassinatos que cometeu no país. Entre as suas diversas vítimas está a russa Yulia Lebezhina, uma jovem de 26 anos que trabalhava em um sex shop, e a quem Bakhtiyor teria esfaqueado 20 vezes, e ainda furtado brinquedos eróticos – incluindo uma vagina artificial – da loja. Mas o meio cruel empregado pelo serial killer do Uzbequistão não parece ter um limite, considerando que, segundo relatos extraídos por testemunhas, o criminoso teria decapitado outra vítima e mantido relações sexuais com o cadáver.

É sabido, dentre todas as vítimas que Bakhtiyor fez, alguns dos nomes são Yulia Lebezhina, Natalya Yelkina, Elmira Gusenko e uma outra senhora, de 77 anos, da qual, porém, nada de concreto se sabe. Segundo investigações policiais, a motivação por trás dos atos brutais seria uma suposta traição que o serial killer teria sofrido da ex-esposa, com a qual ele possui um filho de 21 anos.

Ainda se apuram outras possíveis mortes que se seguem pelo lastro de sangue deixado pelo criminoso.

Vídeo


Fontes consultadas: [1] Serial killer ‘who hated women murdered 11 after wife cheated on him’ – The Mirror; [2] ‘Serial killer-sex attacker murdered 11 women in three countries’ to ‘avenge his wife’s cheating’ and ‘raped the corpse of a woman he had beheaded’, Russian police claim – Daily Mail;

Universo DarkSide – os melhores livros sobre serial killers e psicopatas

http://www.darksidebooks.com.br/category/crime-scene/

Com colaboração de:


Evelyn Caroline
texto

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

As últimas notícias

Categorias

× Receba nosso conteúdo no WP