Tour serial killer: Lugares sombrios

Os serial killers vieram e ficaram. Desde a década de 1970 quando o termo foi cunhado e eles passaram a ser estudados seriamente por um punhado de psicólogos do...

Os serial killers vieram e ficaram. Desde a década de 1970 quando o termo foi cunhado e eles passaram a ser estudados seriamente por um punhado de psicólogos do FBI numa mofada e pequena sala abandonada, os serial killers passaram do status de desconhecidos assassinos invisíveis e renegados ao de verdadeiras celebridades. A grande prevalência deles hoje no jornalismo e na indústria do entretenimento indica que muitas pessoas não estão sozinhas em seus fascínios por eles.

Assassinos em série da vida real se tornam monstros-celebridades e entram para a história através das mídias de notícias e entretenimento que alimentam o apetite do público pelo macabro. Mas será a mídia a grande responsável pelo fascínio do ser humano por eles? Não. Não existia cinema ou um site/publicação especializado em serial killers no século 19, mesmo assim, o psiquiatra alemão Richard von Krafft-Ebing, um homem intrigado e fascinado por mentes doentias, estudou, escreveu e publicou uma fascinante obra chamada Psychopathia Sexualis (1886) na qual ele cita vários casos de assassinos em série. Ainda nas décadas de 1960 e 1970, serial killers não faziam parte da vida cotidiana midiática, mesmo assim, aquele punhado de psicólogos do FBI, talvez picados pelo mesmo mosquito que transmitiu o “vírus serial killer” a Krafft-Ebing, se debruçou sobre essas mentes tentando entender o que para muitos não deveria sequer ser citado. Como disse um deles, o psicólogo Robert Ressler, seu ídolo de infância era o serial killer William Heirens.

As obras desses estudiosos que vieram décadas depois, como o best seller Mindhunter (1995), definitivamente influenciaram a enxurrada serial killer que vemos hoje nos cinemas, novelas, Netflix, YouTube etc., mas a curiosidade sobre o tema não é de todo influenciada por um filme ou romance, ela está em cada um de nós. Em alguns adormecida, sendo necessário apenas um gatilho.

O que não podemos negar é que o ser humano tem uma inclinação pelo mórbido. Se alguém morre, as pessoas ficam animadas compartilhando as fotos da tragédia pelo WhatsApp, as emissoras de TV interrompem suas programações para horas de links ao vivo sobre o ocorrido e as redes sociais se enchem de mensagens e opiniões. O impacto de um serial killer, entretanto, é bem mais profundo. Um dos desdobramentos mais interessantes nesse sentido é o turismo. Sim, turismo.

Alguém já ouviu falar da série Turismo Macabro da Netflix? Certo, a série não é focada no turismo serial killer, mas é um indicativo da queda do ser humano pelo turismo mórbido. Em Portugal, o passeio “Os Crimes de Lisboa” narra os episódios mais sangrentos da história da cidade. São duas horas de puro sangue andando pelas ruas da cidade com direito a uma parada na Rua das Damas, na Freguesia de Santa Maria Maior, onde o guia sussurra a história do Estripador de Lisboa. Já o “Cream City Cannibal” leva turistas em um passeio pelos locais onde o serial killer canibal Jeffrey Dahmer conheceu sete de suas vítimas. Ainda nos Estados Unidos, não podemos deixar de citar o “Devil & The White City Tour” que leva turistas a fundo no misterioso e doentio caso do serial killer H.H. Holmes. Mas nenhum desses passeios é tão famoso quanto o “Jack the Ripper tour“, que já é quase um passeio obrigatório para quem visita Londres. Criado em 1982 por Richard Jones, o passeio percorre os lugares exatos em que as vítimas do mais famoso serial killer da história, Jack, o Estripador, foram encontradas. Guiados por verdadeiros especialistas no caso, o tour é mais do que uma visita a cenas de crimes, é um mergulho na história da Londres vitoriana.

Mas não é só de passeios organizados por civis entusiastas que vive o turismo serial killer. Em alguns locais, lugares com alguma ligação com serial killers são pontos turísticos reconhecidos por autoridades da própria cidade. É o caso da spuckstein, uma pedra no meio de uma praça de Bremen, Alemanha, que marca o local exato onde uma das piores serial killers mulheres da história foi executada.

Gesina Gottfried - O Anjo Demonio de Bremen - Local de execução

Turistas olham para a Spuckstein. Ponto turístico da cidade de Bremen, a Spuckstein marca o local onde foi erguida a estrutura para decapitar a serial killer Gesche Gottfried. “A história de Gesche Gottfried não foi contada apenas em livros. Ela também é vivamente contada na Casa de História de Bremen, em Schnoor”, diz o site da prefeitura de Bremen. Foto: Bremen-Tourismus.

E se você também tem uma inclinação por lugares sombrios relacionados a serial killers, nós temos uma lista para você.

De serial killers medievais aos do novo século. Listamos neste post mais de 100 lugares relacionados aos mais famosos e sangrentos serial killers da história. São as casas em que eles moraram, os lugares em que trabalharam, que fizeram vítimas ou as sequestraram etc. – com endereço completo no Google Maps e mapa street view para você navegar pelo lugar. Mas cuidado! A maioria desses lugares é sombria demais para ser visitado ou olhado. Talvez você não consiga chegar vivo até o final deste post. Vai encarar?

Obs.: Post melhor visualizado em um PC. Pra quem utiliza o Chrome, se o mapa Street View não estiver carregando, acesse as configurações do navegador e desabilite a opção “Utilizar aceleração de hardware sempre que estiver disponível”.

Adimar Jesus - Maníaco de Luziânia

Adimar JesusBrasil


Brasil | O Maníaco de Luziânia | Vítimas: 6

  • Ponto Turístico: Rua em que morava Adimar Jesus

Abaixo a rua onde o serial killer Adimar Jesus morou com familiares. Não pudemos precisar em qual dessas casas o maníaco morou no curto espaço de tempo em que ficou em liberdade, mas o suficiente para matar seis adolescentes em menos de um mês. Todas as vítimas moravam neste bairro, Parque Estrela Dalva IV, uma era o seu vizinho. A casa foi abandonada pela família logo após a descoberta dos crimes e parcialmente depredada e incendiada pela população. Posteriormente, a irmã do serial killer fez uma pequena reforma e colocou a casa para alugar, sem sucesso. No bairro, pais não deixam seus filhos brincarem nas imediações da residência e ela tem fama de mal assombrada.

  • Endereço no Google Maps: 144 R. 29, Luziânia, State of Goiás

  • Ponto Turístico: Local onde Adimar Jesus se suicidou

Assassino de seis jovens cujos corpos foram enterrados numa fazenda nas imediações do Parque Estrela Dalva IV, o serial killer Adimar Jesus suicidou-se em 18 de abril de 2010 na Denarc – Delegacia Estadual de Repressão a Narcóticos – que fica dentro do Complexo de Delegacias Especializadas, em Goiânia.

  • Endereço no Google Maps: 740 Av. Eng. Atílio Corrêa Lima, Goiânia, State of Goiás

  • Ponto Turístico: Cemitério em que Adimar Jesus está enterrado

Cemitério Municipal Vale da Paz. Aqui está enterrado o serial killer Adimar de Jesus. A sua sepultura não possui placa nem identificação. Para encontrar a sua sepultura, as coordenadas são: Quadra 7, número 752, lote 30.

  • Endereço no Google Maps: Cemitério Municipal Vale da Paz, Goiânia – State of Goiás


Albert FishEstados Unidos


Estados Unidos | O Homem Grisalho | Vítimas: 3 confirmadas – suspeito em dezenas de outros

  • Ponto Turístico: Local onde morava a família Budd

A 90 anos atrás este lugar era bem diferente. No lugar do prédio abaixo, existia a casa da família Budd. Em 28 de maio de 1928, o serial killer Albert Fish visitou os Budd após ler um anúncio no jornal. Edward Budd, 18, estava a procura de emprego. Fish viu o anúncio do rapaz e foi até lá sob o pretexto de contratá-lo. Ele, obviamente, queria estuprá-lo, matá-lo e comê-lo. Mas chegando lá ele mudou de ideia ao ver Grace Budd, irmã mais nova de Edward, de nove anos. Ele convenceu os pais da criança a deixá-la ir com ele até o aniversário de sua sobrinha. Grace Budd nunca mais foi vista.

  • Endereço no Google Maps: 406 West 15th Street, New York, NY, USA

  • Ponto Turístico: Local onde Albert Fish morou

Durante muitos anos o serial killer Albert Fish morou neste endereço. Na macabra carta que ele enviou para a família de Grace Budd em 1934, ele chega a dizer que “Ele foi assado no forno… Na época eu morava na 409 E 100 St, perto deles“. Apesar de ter assassinado Grace Budd e esquartejado o seu corpo em outro local, foi para este endereço que ele levou a carne de Grace e cozinhou com cebolas e cenouras. Segundo o próprio serial killer, ele levou nove dias para comer toda a carne de Grace Budd.

  • Endereço no Google Maps: 409 E 100th St, New York, NY 10029, USA

  • Ponto Turístico: Local em que Albert Fish foi preso

Esta esquina foi a última moradia do serial killer Albert Fish. Ele alugava um quarto neste endereço quando foi preso pela polícia em 13 de dezembro de 1934. Ele chegou a puxar uma faca para o investigador de polícia William F. King, mas o vovô canibal foi facilmente desarmado pelo policial mais jovem.

  • Endereço no Google Maps: 200 W 52nd St, New York, NY 10019, USA

Alexander PichushkinRússia


Rússia | O Assassino do Tabuleiro de Xadrez | Vítimas: 49 confirmadas

  • Ponto Turístico: Parque em que Alexander Pichushkin matava

Vista lateral do Parque Bitsa, local onde o serial killer Alexander Pichushkin assassinou dezenas de pessoas. Ele as atraia até o parque e as matava a golpes de martelo ou esmagando suas cabeças com pedras.

  • Endereço no Google Maps: 34 Balaklavskiy Prospekt, Moscow

Andrei ChikatiloRússia


Rússia | O Estripador da Floresta | Vítimas: 52 confirmadas

  • Ponto Turístico: Escola onde Andrei Chikatilo lecionou

Nesta escola na cidade de Shakhty – Профессиональный Лицей № 33 -, o serial killer Andrei Chikatilo lecionou para crianças e adolescentes entre 1978 e 1981. Ele foi demitido da escola após denúncias de abuso sexual.

  • Endereço no Google Maps: Профессиональный Лицей № 33, ГБОУ НПО РО ПЛ № 33, Prospekt Pobeda Revolyutsii, 4, Shakhty, Rostovskaya oblast’, Russia, 346500

  • Ponto Turístico: Parque onde Andrei Chikatilo fez várias vítimas

Um cartão-postal da cidade russa de Rostov: o Parque dos Aviadores. Neste local o serial killer Andrei Chikatilo assassinou várias pessoas, incluindo Igor Gudkov, a vítima mais jovem do maníaco, de 8 anos. O menino foi esfaqueado selvagemente, teve os órgãos genitais e olhos removidos e o corpo deixado deitado de bruços.

  • Endereço no Google Maps: Aviator’s Park, Rostov Rostovskaya oblast’ Russia 344112

  • Ponto Turístico: Local em que Andrei Chikatilo foi executado

Uma das seis prisões construídas na ex-União Soviética para executar sentenças de morte, a prisão de Novocherkassk executou brutais serial killers do século passado, incluindo Konstantin Cheremukhin e o fetichista da morte Anatoly Slivko. Porém, o mais famoso deles foi Andrei Chikatilo, executado aqui em 14 de fevereiro de 1994. A prisão foi desativada em 2004 e seus ilustres moradores na época, os serial killers Yuri Tsyuman, Vladimir Muhankin, dentre outros, foram transferidos para outra instalação.

  • Endereço no Google Maps: Ukrainskaya Ulitsa, Novocherkassk, Rostov Oblast

Andrew CunananEstados Unidos


Estados Unidos | – | Vítimas: 5

  • Ponto Turístico: Casa em que Andrew Cunanan morava na época de seus crimes

O serial killer Andrew Cunanan mudou para esta casa em 1996, dividindo o aluguel de U$ 750 dólares com o casal gay Tom Eads e Erik Greenman. Ele passava a maior parte do dia dormindo, levantando tarde, assistindo o programa de TV Jeopardy! e saindo a noite.

  • Endereço no Google Maps: 1234 Robinson Ave, San Diego, CA 92103, USA

  • Ponto Turístico: Apartamento de David Madson

Onde tudo começou. Foi no quarto andar deste prédio de apartamentos – Lee Lofts – que a fúria assassina do serial killer Andrew Cunanan teve início. Enlouquecido de ciúmes – seu ex-namorado e melhor amigo, Jeff Trail, estava se encontrando com David Madson, também um ex-amante – Cunanan foi até este prédio em 27 de abril de 1997 para conversar com Trail, em um encontro intermediado pelo dono do apartamento 404, David Madson. Em poucos minutos, Andrew e Trail começaram a se insultar e, apesar das tentativas de mediação de Madson, os argumentos se tornaram violentos. Por volta das 21h45, moradores do prédio começaram a se perguntar sobre a gritaria vinda do habitualmente silencioso apartamento acima. Os xingamentos verbais passaram para agressão física e Madson entrou em pânico quando Andrew correu para a gaveta da cozinha e pegou um martelo. Antes que qualquer um dos homens pudesse reagir, Cunanan bateu com toda a força na cabeça de Trail mais de uma vez. Foi o primeiro assassinato de Cunanan.

  • Endereço no Google Maps: 280 N 2nd Ave, Minneapolis, MN 55401, USA

  • Ponto Turístico: A estrada em que David Madson foi assassinado

Após matar Jeff Trail no apartamento de David Madson, o serial killer Andrew Cunanan saiu em direção ao Canadá pela Highway 35 ao lado de Madson. Em algum ponto da Rush Lake Trail, Andrew encostou o Jeep de Madson na beira da estrada e disparou três vezes no amigo. Ele jogou o corpo no lago que acompanha a estrada. Um dos olhos de Madson pulou para fora do globo ocular com o tiro, o outro ficou aberto. O corpo foi encontrado por dois pescadores.

  • Endereço no Google Maps: 51248 Rush Lake Trail, Rush City, MN 55069, USA

  • Ponto Turístico: A residência do milionário Lee Miglin

Lee Miglin foi assassinado dentro da sua residência de três andares pelo serial killer Andrew Cunanan em 4 de maio de 1997. Andrew amarrou os pulsos de Miglin, cobriu o seu rosto com fita adesiva (deixando apenas um espaço para o nariz) e, em seguida, submeteu-o a uma série de torturas diretamente tiradas do seu filme snuff favorito, Target for Torture – esmurrando-o, chutando-o, dando tesouradas no peito da vítima usando uma tesoura de poda de jardim ao mesmo tempo em que abafava os gritos. Enquanto Miglin agonizava, Andrew começou lentamente a fatiar sua garganta com uma serra. Não satisfeito, ele quebrou o tórax da vítima jogando sacos de cimento em cima.

  • Endereço no Google Maps: 24 E Scott St, Chicago, IL 60610, USA

  • Ponto Turístico: News Cafe – local onde Gianni Versace fez o desejum antes de ser assassinado

Na manhã do dia 15 de julho de 1997, o estilista italiano Gianni Versace saiu de casa e caminhou três quadras até o News Cafe. Ele gostava do café da manhã de lá; comprou cinco revistas e voltou caminhando para casa.

  • Endereço no Google Maps: 800 Ocean Dr, Miami Beach, FL 33139, USA

  • Ponto Turístico: Residência de Gianni Versace

Em 15 de julho de 1997 o serial killer Andrew Cunanan assassinou o estilista italiano Gianni Versace na escadaria da Casa Casuarina, sua residência nos Estados Unidos. Após fazer o desejum no News Cafe, o estilista voltou até sua casa. Ele levou dois tiros na cabeça a curta distância quando estava prestes a entrar, ficando caído em uma poça de sangue nesta escadaria de mármore que ainda é a mesma.

  • Endereço no Google Maps: 1116 Ocean Dr, Miami Beach, FL 33139, USA

  • Ponto Turístico: Local em que Andrew Cunanan se suicidou

O número 5250 da Collins Avenue, o local exato onde o serial killer Andrew Cunanan cometeu suicídio. Ele invadiu uma casa flutuante que havia nessas águas e em 23 de julho de 1997 deu um tiro na boca no quarto de cima da casa.

  • Endereço no Google Maps: 5250 Collins Ave, Miami Beach, FL 33140, USA

Béla Kisshungria


Hungria | O Monstro de Cinkota | Vítimas: 24 confirmadas

  • Ponto Turístico: Endereço onde trabalhou Béla Kiss

Antes de encontrar um negócio bem mais rentável (você sabe do que estou falando), Béla Kiss pingou de emprego em emprego na Hungria do início do século passado. Um de seus endereços de trabalho conhecido foi aqui, onde um dia funcionou uma oficina de estanho. Uma pergunta: de que material mesmo era feito os latões encontrados em sua casa?

  • Endereço no Google Maps: Budapest, Kenyérmező u. 41, 1081 Hungary

  • Ponto Turístico: Casa onde Béla Kiss morava

A fachada rosa da casa de número 40 na Kossuth Lajos fornece uma imagem tenra e bonitinha para quem passa pela rua. Mas a história desta casa é negra. Foi neste endereço que o serial killer bonitão e sedutor Béla Kiss morou, matou e deixou um rastro de cadáveres de mulheres dentro de latões de estanho. Os corpos foram descobertos em maio de 1916, dois anos após Kiss ter deixado a casa para lutar na I Guerra Mundial. Sete corpos foram encontrados dentro de latões; um foi encontrado em um galinheiro, outros dois em uma marcenaria improvisada; já outros estavam enterrados pela propriedade. Suspeita-se que, ao saber que iria para a guerra, Béla Kiss tirou os corpos dos tambores e os enterrou pela propriedade. Aparentemente não deu tempo para ele se livrar de sete corpos, que ficaram nos tambores até serem descobertos dois anos depois pelo dono da casa.

  • Endereço no Google Maps: Budapest, Kossuth Lajos u. 40, 1195 Hungary

Carl GroßmannAlemanha


Alemanha | O Açougueiro de Berlin | Vítimas: Indeterminado

  • Ponto Turístico: Rua em que Carl Großmann trabalhava e conhecia vítimas

Entre 1918 e 1921, os restos mortais de 23 mulheres, cujos corpos foram desmembrados, foram encontrados no bairro de Friedrichshain, alguns nas imediações desta rua, a Ostbahnhof. Coincidentemente, era em algum ponto da Ostbahnhof que o serial killer Carl Großmann operava seu carrinho de salsichas, vendendo-as aos esfomeados transeuntes que as vezes faziam fila para experimentar a saborosa salsicha do Sr. Großmann. Muitos perguntavam qual o segredo de uma carne tão saborosa, mas o simpático velhinho não contava. Era um segredo do seu negócio.

  • Endereço no Google Maps: Am Ostbahnhof, 10243 Berlin, Germany

  • Ponto Turístico: Local em que Carl Großmann morou, matou e foi preso

Esta esquina vazia é o número 88 da rua Lange. Aqui ficava o prédio onde o serial killer Carl Großmann morava. As construções que aqui existiam foram demolidas ao longo do século passado e o local revitalizado com novos e modernos edifícios. Mas foi neste endereço que em 21 de agosto de 1921 a polícia baixou após receber denúncias de vizinhos que escutaram gritos desesperados de uma mulher vindos do quarto andar. Marie Nietsche acabou por ser a última vítima do sádico e doentio assassino. Großmann foi pego com a boca na botija, encharcado de sangue, prestes a esquartejar o corpo. No apartamento foram encontrados pedaços de corpos de pelo menos quatro mulheres, restos que ele ainda não tinha descartado ou transformado em salsichas.

  • Endereço no Google Maps: Lange Str. 88, 10243 Berlin, Germany

Criadoras de Anjos de Nagyrévhungria


Hungria | Vítimas: indeterminado – estima-se que na casa das centenas

  • Ponto Turístico: Igreja frequentada pelas Criadoras de Anjos de Nagyrév

O tempo pode passar, mas a vila de Nagyrév continua a preservar suas características principais: tranquilidade e bucolismo. E foi nesta cidadezinha pacata que uma horda de serial killers mulheres matou dezenas de homens enquanto, ao mesmo tempo, frequentavam essa igrejinha. Essa história já foi contada em ótimos livros, incluindo Lady Killers – Assassinas em Série.

  • Endereço no Google Maps: Árpád út 84, Nagyrév, Árpád út 84, 5463 Hungary

Darya SaltykovaRússia


Rússia | A Atormentadora | Vítimas: 38 confirmadas – suspeita em outras 100

  • Ponto Turístico: Mosteiro em que Darya Saltykova está sepultada

Vista do Mosteiro de Donskoy. Em 27 de dezembro de 1801, após mais de 30 anos presa, a serial killer Darya Saltykova faleceu e foi sepultada no interior deste mosteiro. Seus restos mortais repousam até os dias de hoje ao lado de seus familiares na necrópole do Mosteiro de Donskoy.

  • Endereço no Google Maps: Ulitsa Donskaya, 1-3, Moskva, Russia, 115419

Dean CorllEstados Unidos


Estados Unidos | O Homem dos Doces | Vítimas: 28 confirmadas

  • Ponto Turístico: Casa em que Dean Corll morou, matou e foi assassinado

Moradia final do serial killer Dean Corll. Neste local Corll torturou e assassinou oito adolescentes em três meses. Foi também aqui que ele foi assassinado por um de seus cúmplices, em 8 de agosto de 1973.

  • Endereço no Google Maps: 2020 Lamar Dr, Pasadena, TX 77502, USA

Dennis NilsenInglaterra


Inglaterra | O Assassino Solitário | Vítimas: 12 confirmadas

  • Ponto Turístico: Casa onde morou Dennis Nilsen

Entre 1978 e 1981, este flat foi a moradia do serial killer necrófilo Dennis Nilsen. Neste endereço ele assassinou 12 pessoas. Antes de se mudar para outro endereço, ele queimou cinco corpos que ele mantinha no flat em uma fogueira no jardim atrás da casa.

  • Endereço no Google Maps: 195 Melrose Ave, London NW2 4NA, UK

  • Ponto Turístico: Última casa em que Dennis Nilsen morou e foi preso

Em 5 de outubro de 1981 o serial killer Dennis Nilsen se mudou para este endereço no norte de Londres. Esta casa não possuía jardim para ele queimar os corpos então ele passou a descartar suas vítimas dissecadas pelo vaso sanitário. O sistema de esgoto entupiu e um encanador foi chamado para verificar, encontrando partes de corpos humanos. Nilsen foi preso nesta casa em 9 de fevereiro de 1983.

  • Endereço no Google Maps: 23 Cranley Gardens, Muswell Hill, London N10 3AA, UK

Dennis RaderEstados Unidos


Estados Unidos | Assassino BTK | Vítimas: 10

  • Ponto Turístico: Lote em que morou Dennis Rader

Neste lote vazio ficava a casa do serial killer Dennis Rader. Por 25 anos ele morou com sua família neste endereço. A casa foi demolida em 2007.

  • Endereço no Google Maps: 6220 Independence St, Park City, Kansas

  • Ponto Turístico: Residência da família Otero

Esta casa de esquina ainda é a mesma há 45 anos. Em 1974, ela pertencia à família Otero. Em 15 de janeiro de 1974, o serial killer Dennis Rader invadiu esta casa e assassinou quatro membros da família Otero. As vítimas eram o pai Joseph Otero, 38, a mãe Julie Otero, 33, e dois filhos: Joseph, 9, e Josephine, 11. A chacina da família Otero foi o primeiro de vários outros assassinatos que viriam.

  • Endereço no Google Maps: 794 N Edgemoor St, Wichita, KS 67208, USA

  • Ponto Turístico: Residência da família Vian

Em 17 de março de 1977, o serial killer Dennis Rader bateu na porta da frente desta casa. Três crianças, de 4, 5 e 8 anos, atenderam a porta. Rader, com uma arma em mãos, as trancou em um armário e estrangulou com uma corda a mãe deles, Shirley Vian, 24.

  • Endereço no Google Maps: 1311 S Hydraulic Ave, Wichita, KS 67211, EUA

  • Ponto Turístico: Residência de Nancy Fox

Em 8 de dezembro de 1977, o serial killer Dennis Rader invadiu esta casa e estrangulou com um cinto Nancy Fox, 25. O corpo da vítima foi encontrado em um dos quartos.

  • Endereço no Google Maps: 843 South Pershing Street, Wichita, Kansas, Estados Unidos

  • Ponto Turístico: Residência de Marine Hedge, vizinha de bairro de Dennis Rader

Em 27 de abril de 1985, o serial killer Dennis Rader invadiu esta casa, que pertencia à sua vizinha de bairro Marine Hedge, 53, e a estrangulou. Ele então levou o corpo da vítima até a igreja em que era membro e tirou várias fotos em poses sexuais.

  • Endereço no Google Maps: 6254 Independence St, Park City, KS 67219, USA

  • Ponto Turístico: Igreja em que Dennis Rader era membro e presidente da congregação

O serial killer Dennis Rader era um membro ativo e presidente da congregação da Christ Lutheran Church. Nesta igreja, ele era o responsável por receber novos membros e distribuir os folhetos. Depois de preso, ele continuou sendo visitado por Michael Clark, reverendo da igreja.

  • Endereço no Google Maps: 3201 East 53rd St N, Kechi, KS 67067, USA

  • Ponto Turístico: Residência de Vicki Wegerle

Em 16 de setembro de 1986, o serial killer Dennis Rader fingiu ser um técnico em telefonia para entrar nesta casa, onde vivia Vicki Wegerle, 28. Ela foi estrangulada com uma meia.

  • Endereço no Google Maps: 2404 W 13th St N, Wichita, KS 67203, USA

  • Ponto Turístico: Residência de Dolores Davis

Dolores E. Davis, 62, foi a última vítima do serial killer Dennis Rader. Ela foi assassinada em 19 de janeiro de 1991 nesta casa. Rader invadiu a casa quebrando uma janela e a estrangulou usando uma meia-calça.

  • Endereço no Google Maps: 6226 North Hillside Street, Wichita, KS, USA

Dyonathan CelestrinoBrasil


Brasil | O Maníaco da Cruz | Vítimas: 3

  • Ponto Turístico: Rua em que foi encontrado o corpo de Catalino Gardena

Em 24 de julho de 2008, o pedreiro Catalino Gardena, 33, foi encontrado morto em um terreno baldio nesta rua. Nós não conseguimos precisar qual o lote em que a vítima foi encontrada, mas foi na altura do centro da cidade. Catalino Gardena foi a primeira vítima do serial killer Dyonathan Celestrino.

  • Endereço no Google Maps: 1298 R. Mohamad Ale, Rio Brilhante, State of Mato Grosso do Sul

  • Ponto Turístico: Cemitério em que Letícia Oliveira foi assassinada

Em 24 de agosto de 2008, Letícia Neves de Oliveira, 22, foi assassinada pelo serial killer Dyonathan Celestrino dentro do Cemitério São Cristovão. Como a vítima anterior, ela foi asfixiada e o corpo deixado em cima de um túmulo em posição de crucificação.

  • Endereço no Google Maps: Tv. Aíres Francisco de Lima, 248 – Morada do Sol, Rio Brilhante – MS, 79130-000

  • Ponto Turístico: Residência onde morava Dyonathan Celestrino

Na casa de número 1280 da Prefeito Theofanes Barbosa morava o serial killer Dyonathan Celestrino com sua mãe, padrasto e dois irmãos. A segunda janela, da esquerda para a direita, era a do quarto do adolescente psicopata. A casa verde ao lado pertencia à família da primeira vítima de Dyonathan, Catalino. O serial killer foi preso nesta casa e semanas depois a sua família a abandonou com medo de retaliação da população.

  • Endereço no Google Maps: 1280 R. Pref. Theofanes Barbosa, Rio Brilhante, State of Mato Grosso do Sul

Ed GeinEstados Unidos


Estados Unidos | O Açougueiro de Plainfield | Vítimas: 2 confirmadas – suspeito em vários outros

  • Ponto Turístico: Local onde funcionava o bar de Mary Hogan

Em 8 de dezembro de 1954 funcionava um bar neste local. A dona do lugar, Mary Hogan, sumiu sem deixar vestígios neste dia. A cabeça dela foi encontrada em 1957 na fazenda do serial killer Ed Gein.

  • Endereço no Google Maps: 9765 Elm Rd, Bancroft, WI 54921, USA

  • Ponto Turístico: Local em que funcionava a ferragista de Bernice Worden

Desde os anos 1940 esta esquina possui uma ferragista. Hoje é a Hardware Hank, mas em 1957 era a Worden’s Hardware. Em 16 de novembro de 1957, a dona do lugar, Bernice Worden, foi assassinada pelo serial killer Ed Gein, que colocou o corpo na traseira de sua camionete e levou para sua fazenda onde ele arrancou a cabeça e abriu o cadáver feito um animal. A infame fazenda de Ed Gein fica neste endereço.

  • Endereço no Google Maps: 125 WI-73, Plainfield, Wisconsin

Edmund KemperEstados Unidos


Estados Unidos | O Assassino de Colegiais | Vítimas: 10

  • Ponto Turístico: Residência onde morava Edmund Kemper

No início dos anos 1970 esta casa pertencia a Clarnell Kemper. Seu filho, o serial killer Edmund Kemper, morou nesta casa de 1969 até sua prisão em 1973. Ele esquartejou corpos nesta casa além de enterrar cabeças no jardim. Nesta casa, Edmund também assassinou a própria mãe e uma amiga dela.

  • Endereço no Google Maps: 609 Harriet Ave, Aptos, Califórnia

Erzsébet BáthoryEslováquia


Hungria/Eslováquia | A Condessa Sanguinária | Vítimas: 80 confirmadas – suspeita em mais de centenas

  • Ponto Turístico: Castelo de Sárvar, onde Erzsébet Báthory morou

O castelo de Sárvár pertencia a um dos casais mais ricos da Europa medieval: o “cavaleiro negro” húngaro Ferencz Nadásdy e sua esposa, a Condessa Erzsébet Báthory. O castelo foi construído provavelmente no século 16 em estilo renascentista italiano, possui dois andares e foi usado como uma fortificação e moradia do Conde Nadásdy e sua esposa Condessa Erzsébet Báthory. A escritora Tori Telfer diz em Lady Killers – Assassinas em Série que “O Cavaleiro Negro foi uma fonte de inspiração para uma jovem sociopata impressionável como Erzsébet“. Em outras palavras, Ferencz Nadásdy não só tolerou como ensinou a arte da tortura e do assassinato para sua esposa. Foi neste lugar que o casal praticou crimes que entraram para a história, como levar uma funcionária a uma floresta, amarrá-la em uma árvore e derramar mel em cima dela, para que abelhas, formigas e outros insetos a picassem até a morte. A pobre moça agonizava semanas até morrer. Outro método conhecido era a de congelar uma garota até a morte durante o inverno. Em noites de frio intenso e neve, eles levavam uma criada para fora do castelo e derramavam água sobre o corpo nu até que ela endurecesse e fosse incapaz de se mover. O castelo hoje abriga o museu Nadásdy e é atração turística na região.

  • Endereço no Google Maps: Sárvár, Várkerület u. 1, 9600 Hungary

  • Ponto Turístico: Residência oficial de Erzsébet Báthory

Cuidado! Você está prestes a adentar nas ruínas do Castelo de Čachtice. E reza a lenda que quem entra nunca mais sai. Este foi, provavelmente, o mais sanguinário, sombrio e horrendo castelo da Europa medieval. Aqui, centenas de crianças e adolescentes morreram pelas mãos da sádica e diabólica Condessa Erzsebét Báthory. Foi aqui também que ela foi presa em 30 de dezembro de 1610. Após o seu julgamento, ela foi mantida neste castelo em prisão domiciliar, concretada em seu próprio quarto, até sua morte em 21 de agosto de 1614. Exatamente 400 anos depois de sua morte, em 2014, o castelo foi reaberto para visitação.

  • Endereço no Google Maps: Čachtice Castle, Čachtice, Slovakia

  • Ponto Turístico: Igreja onde Erzsébet Báthory foi sepultada

Após sua morte em 1614, a serial killer Erzsébet Báthory foi sepultada na igreja de St. Ladislav, em Cachtice, a mesma vila onde ela assassinou dezenas de garotas. Tempos depois, ultrajados, os moradores locais obrigaram as autoridades a removerem os restos mortais, que então foram levados para a cripta dos Báthory na cidade natal da condessa, Ecséd, atual Nagyecsed, Hungria. Em 1995 a cripta foi aberta, mas os restos mortais de Erzsébet não foram encontrados. Na imagem do Google você vê a muralha da igreja.

  • Endereço no Google Maps: Malinovského 941, 916 21 Čachtice, Slovakia

  • Ponto Turístico: Estátua de Erzsébet Báthory

Este local entrou na lista como curiosidade. Uma homenagem? Reconhecimento histórico? Seja o que for, é provavelmente a única estátua no mundo de um serial killer em praça pública. Como, normalmente, estátuas são erguidas para homenagear uma personalidade que deixou algum legado, fica a interrogação. Estátua para uma mulher que assassinou praticamente todas as meninas desta cidadezinha há 400 anos? A maioria da população de Cachtice reprovou o objeto. Certamente eles não são orgulhosos de seu passado horrível, mas reconhecem a história. A estátua – que dizem retratar o remorso da condessa – é acompanhada de uma jovem aos seus pés, com o rosto contorcido de horror. Na imagem abaixo do street view vocês não verão a estátua porque a imagem é de 2012 (o Google não passou por lá depois) e a estátua foi inaugurada em 2014. Mas esta é a praça exata onde ela está. Nesta reportagem da CNN vocês poderão ver uma foto da estátua.

  • Endereço no Google Maps: Malinovského 255, 916 21 Čachtice, Slovakia

Fortunato NetoBrasil


Brasil | O Maníaco do Trianon | Vítimas: 5 confirmadas – confessou 10

  • Ponto Turístico: Residência de Antonio Di Giacomo

Na manhã do dia 17 de agosto de 1987, o psiquiatra Antonio Carlos Di Giacomo foi encontrado morto no apartamento em que morava, o edifício Alice (abaixo). Ele foi brutalmente assassinado pelo serial killer Fotunato Neto. Anos depois, o serial killer deu uma sinistra entrevista dentro da cadeia onde citou o assassinato do psiquiatra.

  • Endereço no Google Maps: R. do Rocio, 59 – Vila Olímpia, São Paulo – SP, 04552-000

  • Ponto Turístico: Residência de Manoel Paiva

Em 18 de setembro de 1987, o diretor de teatro Manoel Iraldo Paiva foi encontrado amarrado e amordaçado dentro do seu apartamento no edifício Malvina. Como várias de suas vítimas, o serial killer Fortunato Neto enfiou uma cueca dentro da boca da vítima.

  • Endereço no Google Maps: R. da Consolação, 2782 – Cerqueira César, São Paulo – SP, 01416-000

  • Ponto Turístico: Residência de Alaíde Pinheiro

Em 11 de dezembro de 1988, Alaíde Josafa Pinheiro foi encontrado morto dentro do seu apartamento no Condomínio Edifício Barão Ramalho. Ele foi assassinado pelo serial killer Fortunato Neto. A vítima foi encontrada de bruços, vestido apenas de cueca, com os punhos, voltados para as costas, fortemente amarrados por uma tira de tecido rosa com estampas florais. A outra extremidade da tira, amarrada por meio de dois nós cegos, prendia os tornozelos, também voltados para trás. A boca estava amordaçada com outra tira, recortada de uma toalha branca. No pescoço, apertando-o, uma terceira tira.

  • Endereço no Google Maps: Av. Nove de Julho, 556 – Consolação, São Paulo – SP, 01313-000

Fred & Rosemary WestInglaterra


Inglaterra | O Casal da Casa dos Horrores | Vítimas: 12 confirmadas

  • Ponto Turístico: Fazenda onde Fred West passou a infância

Esta é a fazenda onde o serial killer Fred West passou a infância e adolescência. Ele se mudou com a família para cá em 1946, quando tinha cinco anos. Aos 15, ao mesmo tempo em que estudava, trabalhava na fazenda. Segundo o próprio serial killer, foi nesta fazenda que ele começou a fazer sexo com animais e a abusar sexualmente de suas irmãs mais novas.

  • Endereço no Google Maps: B4024, Ledbury HR8 2NN, UK

  • Ponto Turístico: Local onde ficava a residência do casal West

Onde hoje é este caminho para pedestres um dia existiu a Casa dos Horrores do serial killer Fred West e sua esposa Rosemary. Aqui, eles mataram pelo menos oito mulheres. Todas as mortes envolveram gratificação sexual, incluindo estupro, bondage, tortura e mutilação. As vítimas eram desmembradas e enterradas aqui mesmo, no jardim da casa ou no porão. A casa foi comprada pela prefeitura da cidade em 1996 e completamente demolida. Todo o entulho foi removido para que não caíssem nas mãos de colecionadores de itens macabros.

  • Endereço no Google Maps: 25 Cromwell St, Gloucester GL1 1RE, UK

Fritz HaarmannAlemanha


Alemanha | O Açougueiro de Hannover| Vítimas: 24 confirmadas

  • Ponto Turístico: Residência de Fritz Haarmann

Em um apartamento no sótão deste edifício funcionava o abatedouro humano do serial killer Fritz Haarmann. Um dos mais macabros psicopatas do século passado, Haarmann assassinou pelo menos 20 adolescentes dentro do seu apartamento neste prédio no período de um ano (ele matou muitos outros em outros endereços). As vítimas eram atraídas até o seu apartamento, violentadas, estranguladas e massacradas. Em seu julgamento disse: “Eu me atirava sobre aqueles garotos e mordia o pomo de Adão, estrangulando-os ao mesmo tempo. Fazia dois cortes no abdômen e punha os intestinos em um balde, depois absorvia o sangue e esmagava os ossos até quebrar os ombros. Então, podia chegar ao coração, aos pulmões e aos rins, e os picava e punha no meu balde. Removia a carne dos ossos e punha na minha bolsa de tecido encerado. Precisava fazer cinco ou seis viagens para levar tudo e jogar na privada ou no rio. Sempre odiei fazer isso, mas não conseguia evitar, minha paixão era muito maior que o horror de cortar e picar”.

  • Endereço no Google Maps: Rote Reihe 4, 30169 Hannover, Germany

Fritz HonkaAlemanha


Alemanha | O Assassino do Luva Dourada | Vítimas: 4 confirmadas

  • Ponto Turístico: Residência de Fritz Honka

Vista do edifício onde morou o serial killer Fritz Honka – um homem de baixa estatura, estrábico, de nariz quebrado e com dentes podres, que atraía mulheres mais velhas e solitárias, do bar “A Luva Dourada”, no porto de Hamburgo, para a cobertura de seu apartamento. Neste endereço, ele matava e guardava as partes de seus corpos. Ele foi pego por acaso, quando o seu apartamento pegou fogo, e partes dos corpos em decomposição foram encontrados.

  • Endereço no Google Maps: Zeißstraße 54-86, 22765 Hamburg, Germany

Gary RidgwayEstados Unidos


  • Ponto Turístico: Casa onde Gary Ridgway morou e matou

Após se divorciar de sua esposa, o serial killer Gary Ridgway comprou esta casa em novembro de 1981. Ele viveu sozinho nela até 1985 quando conheceu Judith Lynch, que se tornaria sua terceira esposa. Ele matou várias mulheres nesta casa.

  • Endereço no Google Maps: 21859 32nd Pl S, SeaTac, WA 98198, USA

Gesche GottfriedAlemanha


Alemanha | O Anjo Demônio de Bremen | Vítimas: 15 confirmadas

  • Ponto Turístico: Praça onde Gesche Gottfried foi executada

Vista lateral da praça Domshof. Ao fundo é possível ver as torres da Catedral de Bremen. Nesta praça, praticamente em frente à catedral, foi executada, em 1831, uma das piores serial killers envenenadoras da história: Gesche Gottfried. O impacto dos crimes desta mulher na vida da cidade de Bremen foi tão grande que, para que ninguém esqueça a dor que ela causou, uma pedra, chamada Spuckstein (Pedra Cuspida), foi colocada no exato lugar onde ela foi decapitada. É tradição dos moradores da cidade e turistas cuspirem na pedra ao passarem por ela. A Spuckstein é uma atração turística em Bremen, com direito a um texto no site da prefeitura da cidade. Então, se um dia você leitor for até a cidade, não se sinta envergonhado de dar uma cusparada no lugar onde a quase 200 anos atrás a psicopata Gesche teve o seu merecido fim.

  • Endereço no Google Maps: Domshof 18, 28195 Bremen, Germany

Gilles de RaisFrança


França | O Barba Azul | Vítimas: indeterminado – na casa das centenas

  • Ponto Turístico: Residência de Gilles de Rais

As ruínas de uma fortaleza medieval: o Castelo de Champtocé. Em destaque a infame Torre Negra, suposto local de nascimento do serial killer Gilles de Rais e também palco de seus macabros assassinatos. Foi aqui que Gilles e seu irmão René cresceram sob criação do avô Jean d’Craon.

  • Endereço no Google Maps: D723, Champtocé-sur-Loire, Pays de la Loire

  • Ponto Turístico: Residência de Gilles de Rais

Ao fundo as ruínas do Castelo de Machecoul. Após a morte do avô, o serial killer Gilles de Rais se mudou com seus criados para o Castelo de Machecoul. No “Castelo dos Horrores”, de Rais matou crianças de várias formas: decapitação, degolamento, esquartejamento, espancamento etc. Os corpos eram cremados em uma câmara.

  • Endereço no Google Maps: Rue de Nantes, Machecoul, Pays de la Loire [Endereço alternativo: 10 Boulevard du Château, Machecoul, Pays de la Loire. Obs.: contorne a quadra até encontrar o castelo]

  • Ponto Turístico: Residência de Gilles de Rais

O Castelo de Tiffauges, um dos inúmeros castelos do nobre e serial killer Gilles de Rais. Neste castelo, em 1439, de Rais e alguns criados invocaram o demônio durante um ritual. Ele usou um livro escrito com sangue das crianças que matou em Tiffauges.

  • Endereço no Google Maps: Le Château, Tiffauges, Pays de la Loire

  • Ponto Turístico: Igreja onde Gilles de Rais sequestrou um padre em 1440

A Igreja de Saint-Étienne-de-Mer-Morte. Em 1440, Gilles de Rais invadiu esta igreja, ameaçou e sequestrou o padre. O ato precipitou uma investigação que levou à sua prisão e posterior execução. A praça onde fica a igreja tem hoje o nome do serial killer.

  • Endereço no Google Maps: Place Gilles de Rais, Saint-Étienne-de-Mer-Morte, Pays de la Loire

Gruber, Leidolf, Meyer & Wagner Áustria


Áustria | Os Anjos da Morte de Lainz | Vítimas: indeterminado – confessaram 49 assassinatos

  • Ponto Turístico: Hospital palco dos assassinatos em série das enfermeiras austríacas

Vista do Geriatriezentrum am Wienerwald – hospital geriátrico onde as enfermeiras serial killers Maria Gruber, Irene Leidolf, Stephanija Meyer, e Waltraud Wagner assassinaram pelo menos 49 pessoas entre 1983 e 1989.

  • Endereço no Google Maps: Jagdschlossgasse 59, 1130 Wien, Austria

Guy GeorgesFrança


França | A Besta da Bastilha | Vítimas: 7

  • Ponto Turístico: Prédio onde Pascale Escarfail morava e foi assassinada

Na noite do dia 24 de janeiro de 1991, a estudante de letras Pascale Escarfail, 19, foi estuprada e assassinada pelo serial killer Guy Georges dentro do seu apartamento no número 41 da Rue Delambre. Georges cortou seu sutiã entre as copas. O corpo foi encontrado com as mãos amarradas e com três cortes profundos no pescoço.

  • Endereço no Google Maps: 41 Rue Delambre, 75014 Paris, France

  • Ponto Turístico: Prédio onde Catherine Rocher morava e foi assassinada

Vista do edifício no número 70 da Boulevard de Reuilly. Em 7 de janeiro de 1994, Catherine Rocher, 27, foi encontrada morta dentro do seu carro no estacionamento subterrâneo deste prédio. Ela foi espancada, estuprada e degolada pelo serial killer Guy Georges. O sutiã de Catherine estava cortado entre as copas e sua calça possuía um longo rasgo no lado esquerdo.

  • Endereço no Google Maps: 70 Boulevard de Reuilly, 75012 Paris, France

  • Ponto Turístico: Prédio onde Elsa Benady morava e foi assassinada

Em 8 de novembro de 1994, Elsa Benady foi estuprada e assassinada pelo serial killer Guy Georges no estacionamento subterrâneo deste prédio na 110 Auguste-Blanqui. Como a vítima anterior, Benady foi encontrada dentro do seu carro. O sutiã estava cortado entre as copas e sua calça possuía um grande rasgo do lado esquerdo.

  • Endereço no Google Maps: 110 Boulevard Auguste Blanqui, 75013 Paris, France

  • Ponto Turístico: Prédio onde Agnès Nikjamp morava e foi assassinada

Agnès Nikjamp foi assassinada pelo serial killer Guy Georges em 10 de dezembro de 1994 dentro do seu apartamento na região da Bastilha. Ela foi degolada com vários golpes de faca no pescoço.

  • Endereço no Google Maps: 75 Rue du Faubourg Saint-Antoine, 75011 Paris, France

  • Ponto Turístico: Prédio onde Hélène Frinking morava e foi assassinada

Hélène Frinking, 27, foi assassinada em 8 de julho de 1995 pelo serial killer Guy Georges dentro do seu apartamento no número 213 da Rue du Faubourg Saint-Martin. Ela foi encontrada pelo seu namorado no dia seguinte com as mãos amarradas e amordaçada. Suas roupas estavam rasgadas, o sutiã cortado entre as copas e a calça com um longo corte do lado esquerdo.

  • Endereço no Google Maps: 213 Rue du Faubourg Saint-Martin, 75010 Paris, France

  • Ponto Turístico: Prédio onde Magali Sirotti morava e foi assassinada

Magali Sirotti foi assassinada em 23 de setembro de 1997 dentro do seu apartamento pelo serial killer Guy Georges. Ela foi estuprada e degolada. Diferentemente dos outros assassinatos, Magali foi morta durante o dia.

  • Endereço no Google Maps: 71 Rue d’Hautpoul, 75019 Paris, France

  • Ponto Turístico: Prédio onde Estelle Magd morava e foi assassinada

Vista da entrada do edifício no número 12 da Rue de La Forge Royale. Em 15 de novembro de 1997, Estelle Magd, 25, foi estuprada e degolada dentro do seu apartamento neste endereço. Ela foi encontrada com as mãos amarradas e amordaçada. O sutiã estava cortado entre as copas e sua calça cortada do lado esquerdo. Sangue deixado pelo serial killer Guy Georges na cena do crime permitiu isolar o seu DNA.

  • Endereço no Google Maps: 12 Rue de la Forge Royale, 75011 Paris, France

H.H. HolmesEstados Unidos


Estados Unidos | O Demônio do Hotel | Vítimas: 9 confirmadas – confessou 27

  • Ponto Turístico: Local onde existia o Castelo dos Horrores de H.H. Holmes

Onde hoje vive esta simpática árvore um dia abrigou o Castelo dos Horrores do serial killer H.H. Holmes. Neste lugar, em 1887, ele iniciou a construção de um prédio que chegou a ter três andares. Na sombria construção ele assassinou várias pessoas.

  • Endereço no Google Maps: 600-626 W 63rd St, Chicago, IL 60621, USA

Hristo GeorgievBulgaria


Bulgária | O Sadista | Vítimas: 5

  • Ponto Turístico: Rua onde o corpo de Tsvetanka Stancheva foi encontrado

Em 10 de outubro de 1979, o corpo de Tsvetanka Stancheva foi encontrado nesta rua da capital búlgara. Ela foi esfaqueada pelo serial killer Hristo Georgiev.

  • Endereço no Google Maps: Ulitsa Vasil Petleshkov, 1510 Hadzhi Dimitar, Sofia, Bulgaria

  • Ponto Turístico: Local onde o corpo de Mariolka Gospodinova foi encontrado

Dezessete dias após matar Tsvetanka Stancheva, o serial killer Hristo Georgiev esfaqueou 36 vezes Mariolka Gospodinova neste endereço.

  • Endereço no Google Maps: ul. “Kozloduy” 4, 1202 Orlandovtsi, Sofia, Bulgaria

Israel KeyesEstados Unidos


Estados Unidos | O Fantasma do Alasca | Vítimas: 3 confirmadas – confessou 11 assassinatos

  • Ponto Turístico: Casa onde morava o casal Currier

A casa do casal Bill e Lorraine Currier. “Caçador de Humanos” como seu conterrâneo Robert Hansen, o serial killer Israel Keyes escolheu a casa dos Currier para invadir, sequestrando-os na noite do dia 8 de junho de 2011. O serial killer os levou para outro local onde matou Bill a tiros. Lorraine foi estuprada antes de ser estrangulada. Os corpos do casal nunca foram encontrados.

  • Endereço no Google Maps: 8 Colbert St, Essex Junction, VT 05452, USA

  • Ponto Turístico: Local onde Samantha Koenig foi sequestrada

Essa casinha azul no pátio é o Common Grounds Espresso Stand, um café drive thru que, apesar de simpático, tem uma história sinistra. A adolescente Samantha Koenig, 18, trabalhava no Common Grounds Espresso Stand. Em 1 de fevereiro de 2012, o serial killer Israel Keyes a raptou dentro do Common Grounds, a levou para um outro local, a estuprou e a matou no dia seguinte. Então, ele colocou o seu corpo no freezer da garagrem da sua casa e saiu em um cruzeiro de duas semanas pelo Golfo do México. Posteriormente ele desmembrou o corpo da adolescente e descartou no Lago Matanuska.

  • Endereço no Google Maps: 630 E Tudor Rd, Anchorage, AK 99503, USA

  • Ponto Turístico: Residência de Israel Keyes

Esta é a casa onde o serial killer Israel Keyes morava com sua namorada e a filha de três anos dos dois. Cinco meses depois de Keyes ser preso a casa foi vendida e o novo dono desfez o que era a garagem. Nesta imagem do street view de 2009 é possível ver a picape de Keyes estacionada. É ou não é sinistro?

  • Endereço no Google Maps: 2456 Spurr Ln, Anchorage, AK 99517, USA

Jack, o EstripadorInglaterra


Inglaterra | Vítimas: 5 confirmadas

  • Ponto Turístico: Local onde o corpo de Mary Nichols foi encontrado

Hoje Durward Street, em 1888 este beco de Whitechapel tinha o nome de Buck’s Row. Buck’s Row tem uma áurea quase que lendária no mundo dos serial killers pois foi aqui, em 31 de agosto de 1888, que o serial killer Jack, o Estripador assassinou a sua primeira vítima conhecida. A prostituta Mary Ann Nichols teve a garganta cortada por dois cortes e a parte inferior do abdome parcialmente aberto por um corte profundo e irregular.

  • Endereço no Google Maps: 53-49 Durward St, London E1 5BA, UK

  • Ponto Turístico: Local onde o corpo de Annie Chapman foi encontrado

O corpo sem vida de Annie Chapman foi encontrado aqui em 8 de setembro de 1888. A garganta foi cortada por dois cortes e o abdome completamente aberto. O serial killer Jack, o Estripador retirou o útero.

  • Endereço no Google Maps: 29 Hanbury St, Spitalfields, London E1 6QR, UK

  • Ponto Turístico: Local onde o corpo de Elizabeth Stride foi encontrado

Em 1888 a Henrique’s Street se chamava Berner Street. Na parede podemos ver pintado um cogumelo. Do lado direito do cogumelo, logo abaixo da janela, lê-se “Elisabeth Stride Street 1843-1888”. Foi neste exato local que a terceira vítima de Jack, o Estripador foi encontrada em 30 de setembro de 1888. Elizabeth Stride foi morta com um golpe no pescoço que cortou a artéria. Estranhamente ela não foi mutilada, talvez o Estripador tenha sido interrompido durante o ataque e fugido, deixando o corpo em uma poça de sangue.

  • Endereço no Google Maps: 5 Henriques St, Whitechapel, London E1 1NB, UK

  • Ponto Turístico: Local onde o corpo de Catherine Eddowes foi encontrado

Na mesma noite em que matou Elizabeth Stride, Jack, o Estripador assassinou Catherine Eddowes, a única vítima encontrada fora do distrito de Whitechapel. A sua garganta foi cortada e o abdômen aberto. O rim direito e parte do útero foram removidos.

  • Endereço no Google Maps: Mitre Square, London, England

  • Ponto Turístico: Local onde existia a hospedaria em que Mary Kelly foi encontrada em pedaços

A quinta e última vítima conhecida de Jack, o Estripador foi encontrada aos pedaços dentro de uma hospedaria neste endereço. O número 13 da Miller’s Court não existe mais, foi demolido há quase 100 anos e o lugar hoje em nada lembra a sombria esquina em que Jack, o Estripador picou em mais de 100 pedaços a prostituta Mary Kelly.

  • Endereço no Google Maps: 53 Brushfield St, London, England

Jeffrey DahmerEstados Unidos


Estados Unidos | O Canibal de Milwaukee | Vítimas: 17

  • Ponto Turístico: Casa onde Jeffrey Dahmer passou a infância

O serial killer canibal Jeffrey Dahmer se mudou para esta casa em 1968 com a família. Ele tinha oito anos na época. Ele passou a infância aqui e chegou a construir um cemitério de animais na floresta. Foi também nesta casa que, aos 18 anos, ele matou pela primeira vez. Steven Hicks foi assassinado, esquartejado e seus restos mortais espalhados em volta da casa.

  • Endereço no Google Maps: 4480 W Bath Rd, Akron, OH, USA

  • Ponto Turístico: Local onde Jeffrey Dahmer trabalhou

Onde hoje é este ginásio funcionava a fábrica de chocolates Ambrosia, uma das marcas de chocolates mais conhecidas nos Estados Unidos. O serial killer Jeffrey Dahmer trabalhou na Ambrosia entre 1985 e 1991. Ele era um funcionário de estoque e ganhava nove dólares por hora. Em 26 de setembro de 1988, Dahmer foi preso dentro da Ambrosia após ser acusado de drogar um adolescente. Por algum tempo, ele manteve o crânio de Anthony Sears dentro do seu armário na Ambrosia. Ele foi demitido da fábrica pouco antes de ser preso, época em que ele estava completamente dominado por sua mente doentia. Devido à exposição negativa na mídia após as descobertas dos crimes de seu ex-funcionário, a fábrica se mudou para outro local de Milwaukee em 1992 e o prédio demolido no ano seguinte. No final de 2014, a Ambrosia foi comprada pela gigante Cargill.

  • Endereço no Google Maps: 1133 N 5th St, Milwaukee, WI 53203, USA

  • Ponto Turístico: Casa da avó de Jeffrey Damer

Esta casa pertenceu à avó do serial killer canibal Jeffrey Dahmer. Em dezembro de 1981, aos 21 anos, após ser dispensado do exército, Dahmer foi morar com a avó nesta casa. A avó foi uma influência muito positiva na vida de Dahmer. Ele tentou ficar longe do álcool, frequentou a igreja e até arranjou um emprego. Mas a compulsão em matar o fez assassinar três pessoas nesta casa entre 1987 e 1989. Neste vídeo gravado dentro da casa é possível ver Dahmer e a sua avó. Ele se mudou desta casa em 1990 após a avó reclamar dos “amigos” que ele sempre levava para casa e dos barulhos estranhos e mau cheiro que emanava do porão.

  • Endereço no Google Maps: 2357 South 57th Street, Milwaukee, WI, USA

  • Ponto Turístico: Hotel onde Jeffrey Dahmer matou Steven Tuomi

Abaixo, vista do Hotel Ambassador. Em 20 de novembro de 1987, o serial killer Jeffrey Dahmer conheceu Steven Tuomi, 25, em uma boate e o convidou a ir até o Hotel Ambassador. Dahmer queria drogá-lo e estuprá-lo, mas acordou no dia seguinte com ferimentos no punho e antebraço. Tuomi estava morto na cama. O serial killer não tinha memórias do ocorrido, mas comprou uma mala e colocou o corpo de Tuomi dentro, levando até a casa de sua avó, onde permaneceu uma semana antes de decapitá-lo, esquartejá-lo, desossá-lo e cortar a carne em pequenos pedaços. Se um dia você for até Milwaukee e quiser se hospedar no Ambassador Hotel, o quarto a se escolher é o 507.

  • Endereço no Google Maps: Ambassador Hotel Milwaukee, West Wisconsin Avenue, Milwaukee, WI, USA

  • Ponto Turístico: Local onde funcionava boate que Jeffrey Dahmer frequentava

Nesta esquina onde hoje funciona o Likkle Jamayka Restaurant & lounge, entre 1979 e 1993 abrigou uma das mais famosas boates LGBT de Milwaukee: The Phoenix. O serial killer Jeffrey Dahmer era um habitual frequentador do The Phoenix. Em 24 de março de 1988, Dahmer conheceu aqui Richard Guerrero, 22, que se tornou uma de suas vítimas – morto na casa de sua avó – e cujos restos mortais nunca foram encontrados.

  • Endereço no Google Maps: 235 South 2nd Street, Milwaukee, WI, USA

  • Ponto Turístico: Local onde funcionava boate que Jeffrey Dahmer frequentava

A alguns passos do The Phoenix, na mesma rua, funcionava outra famosa boate LGBT, o Club 219, que funcionou entre 1981 e 2005 onde hoje é esta parede verde. O Club 219 foi um dos locais preferidos do serial killer Jeffrey Dahmer para buscar vítimas. Foi no Club 219 que ele conheceu Steven Tuomi, Edward Smith, Raymond Smith e Anthony Hughes.

  • Endereço no Google Maps: 219 South 2nd Street, Milwaukee, WI, USA

  • Ponto Turístico: Local onde funcionava boate que Jeffrey Dahmer frequentava

Aberto em 1984, o bar/boate La Cage tomou de assalto a cena gay de Milwaukee, deixando o Club 219 como segunda melhor opção da área. Foi aqui que em 25 de março de 1989 o serial killer Jeffrey Dahmer conheceu Anthony Sears. O crânio de Sears virou um troféu no armário particular da fábrica de chocolates em que Dahmer trabalhava. O La Cage funciona até hoje.

  • Endereço no Google Maps: 801 South 2nd Street, Milwaukee, WI, USA

  • Ponto Turístico: Esquina em que Jeffrey Dahmer discutiu com duas adolescentes

Eu estou na esquina da vigésima quinta com a State e tem esse garoto aqui, ele está nu, muito machucado“, disse em 27 de maio de 1991 a adolescente Nicole Childress em um telefonema para o 911. É exatamente a esquina abaixo. Naquela noite, Nicole estava com uma amiga, Sandra Smith, quando perceberam um jovem nu, machucado e que parecia grogue. Logo, o serial killer Jeffrey Dahmer apareceu para dizer que o garoto era o seu amigo e que eles haviam bebido muito e só queria levá-lo de volta para casa. A polícia apareceu e comprou a versão do serial killer, levando ambos para o apartamento de Dahmer. Lá, Dahmer matou o garoto, Konerak Sinthasomphone, descarnou sua cabeça e colocou o seu troféu, o crânio da vítima, em uma estante.

  • Endereço no Google Maps: W State St & N 25th St, Milwaukee, WI 53233 USA

  • Ponto Turístico: Local onde Jeffrey Dahmer morou e foi preso

Nesta esquina existia os Apartamentos Oxford, edifício cujo morador do apartamento 213 era o serial killer canibal Jeffrey Dahmer. Ele se mudou para este local em 14 de maio de 1990 e aqui assassinou 12 homens. O prédio foi demolido em 1992 e desde então permanece sem nenhum tipo de construção.

  • Endereço no Google Maps: 924 N 25th St, Milwaukee, WI, USA

John ChristieInglaterra


Inglaterra | O Estrangulador da Rillington Place | Vítimas: 8 confirmadas

  • Ponto Turístico: Local onde John Christie morou e matou

Casas hoje são a paisagem principal num dos mais famosos e sombrios endereços relacionados a serial killers. Talvez o que mais assuste seja apenas esta árvore sem folhas. De qualquer forma, este local não lembra em nada o que era 70 anos atrás. Até o final dos anos 1970 este endereço tinha o nome de 10 Rillington Place, o lugar onde o serial killer acima de qualquer suspeita John Christie morava e matava. Eternizado no cinema, o endereço 10 Rillington Place hoje tem outro nome – mas o número continua – e a rua inteira, com prédios e tudo, foi demolida. Mas é exatamente onde está esta árvore pelada que um dia existiu um dos mais sombrios e famosos endereços da história do crime.

  • Endereço no Google Maps: 10 Bartle Rd, Notting Hill, London W11 1RF

John Wayne GacyEstados Unidos


Estados Unidos | O Palhaço Assassino | Vítimas: 33

  • Ponto Turístico: Local onde John Wayne Gacy morou e matou

Onde hoje é esta casa existiu uma outra casa. Em dezembro de 1978, 29 corpos foram desenterrados aqui. O dono do lugar, o serial killer John Wayne Gacy, enterrava suas vítimas em túmulos improvisados debaixo da casa. A casa de Gacy foi demolida em 1979, mas o endereço 8213 Summerdale ficará para sempre como um dos lugares mais sombrios que este mundo já viu.

  • Endereço no Google Maps: 8213 W Summerdale Ave, Chicago, IL 60656, USA

  • Ponto Turístico: Ponte de onde John Wayne Gacy descartou os corpos de vítimas

Quando o espaço debaixo de sua casa não cabia mais corpos, o serial killer John Wayne Gacy passou a descartar os corpos de suas vítimas jogando-os dessa ponte do rio Des Plaines. Ele fez isso cinco vezes, mas apenas quatro corpos foram encontrados.

  • Endereço no Google Maps: Historic U.S. 66, Channahon, IL 60410, USA

José RamosBrasil


Brasil | O Linguiçeiro da Rua do Arvoredo | Vítimas: 3 confirmadas – suspeito em vários outros

  • Ponto Turístico: Local aproximado da residência de José Ramos

Até 1870, a rua Coronel Fernando Machado chamava-se rua do Arvoredo. Foi neste local que o serial killer José Ramos perpetuou um dos mais famosos casos de assassinatos em série da história brasileira. Não se sabe quantas vítimas José Ramos, com a ajuda de sua amante Catarina, fizeram, mas três corpos esquartejados foram encontrados – um enterrado e outros dois dentro de um poço. Reza a lenda que José Ramos descarnava suas vítimas e vendia a carne em um açougue. Como o endereço exato da casa do assassino em série não consta no processo, acredita-se que ela fique neste local.

  • Endereço no Google Maps: R. Cel. Fernando Machado, 77 – Centro Histórico, Porto Alegre – RS, 90010-321

Karl Denkepolonia


Polônia | O Canibal de Ziebice | Vítimas: 30 confirmadas

  • Ponto Turístico: A casa de Karl Denke

Vocês estão olhando para a casa de um dos mais sinistros serial killers do século passado. O canibal polonês Karl Denke comprou esta casa no início do século 20 e durante 20 anos massacrou dezenas de pessoas dentro dela. Acredita-se que ele tenha assassinado, desossado e canibalizado mais de 40 pessoas dentro desta casa até 1924, ano em que foi preso. Dentro dela, a polícia encontrou, dentre outras coisas, 120 dedos e falanges, e 65 pés e ossos metacarpo, além de outras evidências macabras. As vítimas eram transformadas em suspensórios, cadarços, cintos e cordões de couro, que ele vendia para os moradores da cidade. Ele também vendia carne humana enlatada, afirmando ser de porco. Quase 100 anos depois da descoberta de seus crimes, apenas uma coisa mudou neste matadouro, o número. Antes 10, hoje a ex-casa do serial killer Karl Denke é o número 13 da rua Stawowa.

  • Endereço no Google Maps: Stawowa 13, 57-220 Ziębice, Poland

Leonarda CianciulliItália


Itália | A Saponificadora de Correggio | Vítimas: 3 confirmadas

  • Ponto Turístico: Local onde morava Leonarda Cianciulli

Em 1939, aos 45 anos, abandonada pelo marido e com três filhos, a serial killer Leonarda Cianciulli mudou-se para este endereço. Foi nesta época que ela começou a ter sonhos estranhos. Meses depois ela começaria a matar e fazer bolos e sabonetes de suas vítimas neste endereço.

  • Endereço no Google Maps: 11 Corso Cavour, Correggio, Emilia-Romagna

Marc Dutroux


Bélgica | O Pedófilo Sádico | Vítimas: 5 confirmadas

  • Ponto Turístico: Residência de Marc Dutroux

A pintura mostra uma criança controlando uma pipa num lindo céu azul. Segundo autoridades da cidade belga de Charleroi, a pintura é para dar um ar menos sombrio ao local. Este local em questão foi um dia uma das seis casas do serial killer Marc Dutroux. Neste endereço, ele manteve todas as suas vítimas sequestradas. Quando foi preso em 13 de agosto de 1996, a polícia encontrou no porão desta casa Laetitia Delhez, 14, e Sabine Dardenne, 12. Ambas estavam vivas. Existe uma discussão se o lugar deve ou não ser demolido.

  • Endereço no Google Maps: Avenue de Philippeville 128, 6001 Charleroi, Bélgica

  • Ponto Turístico: Residência de Marc Dutroux

Onde hoje existe este monumento havia uma casa, uma das seis pertencentes ao serial killer Marc Dutroux. Neste endereço foram encontradas enterradas no jardim as adolescentes An Marchal e Eefje Lambrecks. A casa foi demolida e um monumento construído no lugar.

  • Endereço no Google Maps: Rue Daubresse 63, 6040 Charleroi, Bélgica

  • Ponto Turístico: Residência de Marc Dutroux

A mais sombria casa do serial killer Marc Dutroux faz jus a sua história. Desde a descoberta dos seus crimes, o lugar está abandonado. Comprada pela prefeitura de Lobbes, a casa hoje está caindo aos pedaços e com a vegetação cobrindo quase que a totalidade frontal. Foi aqui que em 1996 a polícia desenterrou os corpos de Julie Lejeune, Mélissa Russo e Bernard Weinstein, este último, o cúmplice do serial killer que o ajudava a raptar meninas.

  • Endereço no Google Maps: Rue de Rubignies 43, 6542 Lobbes, Bélgica

Marcel PetiotFrança


França | Doutor Satã | Vítimas: 27 confirmadas – suspeito em dezenas de outros

  • Ponto Turístico: Local em que Marcel Petiot morava e matava

Em 11 de março de 1944, vizinhos do número 21 da Rue Le Sueur reclamaram com a polícia sobre um mau cheiro na área e grandes quantidades de fumaça saindo da chaminé. Temendo um incêndio, a polícia chamou os bombeiros que entraram na casa e descobriram um fogão a carvão no porão a pleno vapor. No porão havia corpos humanos esquartejados. A casa pertencia ao serial killer Marcel Petiot. A casa foi demolida nos anos 1950 e este prédio foi construído no local.

  • Endereço no Google Maps: 21 Rue le Sueur, 75116 Paris, France

Mariam SoulakiotisGrécia


Grécia | A Mulher Rasputin | Vítimas: 177 confirmadas

  • Ponto Turístico: Entrada do Mosteiro de Peukovounogiatrissas

Entrada do Mosteiro de Peukovounogiatrissas. Á esquerda do mapa, ao fundo, em meio às árvores, é possível ver uma parte da cúpula. Entre 1939 e 1951, a abade serial killer Mariam Soulakiotis assassinou 177 mulheres e crianças no local. Ela encorajava mulheres ricas a se juntarem ao convento e, depois, as torturava até que elas doassem suas fortunas ao mosteiro. Uma vez doado, ela se apropriava do dinheiro e matava a doadora. Esse modus operandi fez dela uma das mulheres mais ricas da Grécia. A maioria das vítimas, entretanto, foi de crianças. Atualmente, o mosteiro é aberto a visitação.

  • Endereço no Google Maps: Unnamed Road, Lavreotiki 190 01, Greece

Mikhail PopkovRússia


Rússia | O Lobisomem | Vítimas: 78 confirmadas

  • Ponto Turístico: Delegacia onde Mikhail Popkov trabalhou

Vista da delegacia número 1 em Angarsk. Durante muitos anos um dos mais prolíficos serial killers da história trabalhou aqui. O sádico Mikhail Popkov era policial e matou muitas de suas vítimas usando a farda. Ele oferecia caronas a mulheres que não vinham problema em entrar numa viatura policial. Ele as levava para locais afastados onde as estuprava e matava usando facas, machados, chaves de fenda, dentre outros. Muitas vezes ele mutilava tão severamente os corpos que os detetives que investigavam os assassinatos em série o apelidaram de “Lobisomem”.

  • Endereço no Google Maps: Oktyabr’skaya Ulitsa, 8, Angarsk, Irkutskaya oblast’, Russia, 665806

  • Ponto Turístico: Estação onde Mikhail Popkov pegou várias vítimas

A estação de trem de Angarsk. O serial killer Mikhail Popkov pegou várias de suas vítimas nesta estação. Ele preferia as noites, horário de pouco movimento, e se aproximava das que estavam visivelmente embriagadas, pois seria mais fácil convencê-las de uma carona.

  • Endereço no Google Maps: 1 Privokzal’naya Ploshchad’, Angarsk, Irkutsk Oblast

Patrick KearneyEstados Unidos


Estados Unidos | O Assassino da Estrada | Vítimas: 21 confirmadas – confessou 28 no total

  • Ponto Turístico: Túnel onde vítima de Patrick Kearney foi encontrada

O corpo esquartejado de Nicolas Hernandez-Jimenez foi encontrado neste túnel em 24 de janeiro de 1977. Os pedaços estavam dentro de um saco de lixo. O assassinato foi cometido pelo serial killer Patrick Kearney, o “Assassino do Saco de Lixo” – ele esquartejava suas vítimas e descartava pelas estradas da Califórnia em sacos de lixo.

  • Endereço no Google Maps: 5155 Lennox Blvd, Lennox, California

  • Ponto Turístico: Residência de Patrick Kearney

Endereço em Redondo Beach onde o serial killer Patrick Kearney morou com seu namorado David Hill. Nesta casa Kearney assassinou e esquartejou vários homens. O último deles foi o adolescente John LaMay. Investigando o caso LaMay, a polícia bateu três vezes nesta casa para fazer perguntas a Kearney e colher evidências.

  • Endereço no Google Maps: 1906 2nd St, Manhattan Beach, CA 90266, USA

Peter KurtenAlemanha


Alemanha | O Vampiro de Dusseldorf | Vítimas: Indeterminado

  • Ponto Turístico: Residência de Peter Kurten

Entre 1925 e 1930, enquanto matava, principalmente, crianças e mulheres nas ruas, o serial killer Peter Kurten morou com sua esposa em um apartamento neste edifício. É até estranho imaginar alguma mulher casada com um homem tão bestial quanto Kurten, mas o fato é também uma prova de como psicopatas conseguem se esconder da sociedade vestindo suas máscara assassinas. Em 14 de maio de 1930, Kurten levou Maria Butlies, que conhecera na rua, até o seu apartamento. Ele não a matou, a mulher foi embora e escreveu uma carta a uma amiga relatando sobre o “tarado”. A carta caiu nas mãos da polícia que revistou o seu apartamento na Mettmanner 71 encontrando evidências incriminatórias sobre o Vampiro de Dusseldorf.

  • Endereço no Google Maps: Mettmanner Str. 71, 40233 Düsseldorf, Germany

Robert HansenEstados Unidos


Estados Unidos | O Padeiro Caçador | Vítimas: 17 confirmadas

  • Ponto Turístico: Local onde funcionava a padaria de Robert Hansen

Onde hoje funciona a 7 Star Food Mart, nos anos 1970 existia uma das principais padarias da cidade de Anchorage. O dono da padaria era o serial killer Robert Hansen, que ganhou um bom dinheiro com o negócio chegando a comprar um avião que usou para levar mulheres até sua remota cabine nas montanhas para depois soltá-las na selva e caçá-las como animais.

  • Endereço no Google Maps: 916 AK-1, Anchorage, Alaska

  • Ponto Turístico: Residência de Robert Hansen

A casa que um dia morou o serial killer caçador Robert Hansen com a esposa e dois filhos. Ele costumava levar prostitutas para esta casa quando a esposa e filhos não estavam. Algumas foram brutalmente espancadas, torturadas e mantidas acorrentadas no porão. O porão era sinistro, com várias cabeças de animais enfeitando a parede. Em 23 de outubro de 1983, com um mandado de busca, a polícia entrou nesta casa e encontrou várias joias de mulheres e armas.

  • Endereço no Google Maps: 7223 Old Harbor Ave, Anchorage, AK 99504, USA

Ted BundyEstados Unidos


Estados Unidos | Vítimas: indeterminado – confessou mais de 30

  • Ponto Turístico: Casa onde Ted Bundy passou a infância

Casa onde o serial killer Ted Bundy passou sua infância e adolescência. Ele se mudou para esta casa aos 9 anos e viveu nela até os 18. Em algumas entrevistas, ele revelou que bebia e saia pelas ruas para espreitar mulheres pelas janelas.

  • Endereço no Google Maps: 659 N Skyline Dr, Tacoma, Washington

  • Ponto Turístico: Local onde Lynda Healy morava

Na casa atrás das árvores o serial killer Ted Bundy cometeu o seu primeiro ataque conhecido que resultou em morte: ele invadiu a casa e golpeou na cabeça a universitária Lynda Ann Healy. Ele a carregou para fora e a matou horas depois. O crânio e a mandíbula da vítima foram encontrados tempos depois nas Montanhas Taylor.

  • Endereço no Google Maps: 5517 12th Avenue Northeast, Seattle, WA, USA

  • Ponto Turístico: Casa onde Ted Bundy morou

Atrás das árvores fica a casa onde o serial killer Ted Bundy morou em um dos quartos de setembro de 1974 a outubro de 1985, época em que estudou na escola de Direito da Universidade de Utah. Nesta casa ele escondeu vários souvenirs de suas vítimas. Acredita-se que ele tenha levado pelo menos três de suas vítimas até o seu quarto nesta casa.

  • Endereço no Google Maps: 565 1st Ave N, Salt Lake City, UT 84103, USA

  • Ponto Turístico: Tribunal de onde Ted Bundy fugiu

Em 7 de junho de 1977 o serial killer Ted Bundy foi levado até o Pitkin County Courthouse para uma audiência preliminar no assassinato de Caryn Campbell. Durante uma distração dos guardas, ele pulou da janela do segundo andar (lado esquerdo do tribunal) e fugiu.

  • Endereço no Google Maps: 506 E Main St, Aspen, Colorado

  • Ponto Turístico: República onde Ted Bundy assassinou universitárias

Na madrugada de 15 de janeiro de 1978, o serial killer Ted Bundy invadiu a república de meninas Chi Omega e entrou em quarto por quarto atacando as universitárias que moravam ali. Margaret Bowman, 21, e Lisa Levy, 20, foram brutalmente assassinadas. Outras duas meninas sobreviveram ao ataque.

  • Endereço no Google Maps: 661 W Jefferson St, Tallahassee, FL 32304, USA

Robert PicktonCanadá


Canadá | O Assassino da Fazenda dos Porcos | Vítimas: 26 confirmadas – confessou 49

  • Ponto Turístico: Local onde ficava a fazenda de Robert Pickton

Este local hoje está preenchido de casas, condomínios e ruas asfaltadas, mas na década de 1990 isso tudo era uma fazenda e pertencia a um fazendeiro milionário: o serial killer Robert Pickton. Hoje, algumas vacas pastam no que sobrou de vegetação. Aqui Pickton tinha uma fazenda onde criava porcos e foi aqui também que ele matou dezenas, mas dezenas de mulheres. O que ele fez com os corpos parece coisa de filme de terror.

  • Endereço no Google Maps: 953 Dominion Ave, Port Coquitlam, BC V3B 8G8, Canada

Takahiro ShiraishiJapão


Japão | O Assassino do Twitter | Vítimas: 9

  • Ponto Turístico: Residência de Takahiro Shiraishi

Em 31 de outubro de 2018, a polícia encontrou nove cabeças humanas e restos de corpos esquartejados nesta casa – e mais 240 ossos. O morador da residência, o serial killer Takahiro Shiraishi, usava o Twitter para atrair suas vítimas.

  • Endereço no Google Maps: 6-chōme-2 Midorigaoka, Zama, Kanagawa 252-0021, Japan

Tiago da RochaBrasil


Brasil | O Motoqueiro da Morte | Vítimas: 30 confirmadas – confessou 39

  • Ponto Turístico: Esquina em que Lilian Sissi foi assassinada

Lilian Sissi Mesquita e Silva foi assassinada pelo serial killer Tiago da Rocha em 3 de fevereiro de 2014 nesta esquina em frente a igreja Assembleia de Deus. Ela descia a rua para buscar os filhos na escola quando Tiago parou no meio do cruzamento, esperou a vítima se aproximar, desceu de sua moto, chegou perto dela e deu um tiro no peito.

  • Endereço no Google Maps: R. Formosa, 988 – Nossa Sra. de Fatima, Goiânia – GO, 74420-270

  • Ponto Turístico: Restaurante em que Denílson Freitas foi assassinado

Em 28 de fevereiro de 2014, Denílson Ferreira de Freitas, 38, foi assassinado dentro do estabelecimento em que era dono, o Cabanas Bar e Restaurante (atual Brasileirinho Restaurante-Bar), pelo serial killer Tiago da Rocha. Tiago afirmou que frequentava a Lanchonete Tocantins, de Waldirene Manduca, ex-mulher da vítima, e que, durante as conversas que mantinham, ela reclamou que sofria agressões e maus-tratos por parte de Denílson de Freitas e que tinha vontade de matá-lo. Tiago Henrique, então, se dispôs a cometer o crime e acabaram combinando a execução. “Fiz por amizade”, relatou Tiago.

  • Endereço no Google Maps: Rua 23, 397 – St. Central, Goiânia – GO, 74015-120

  • Ponto Turístico: Empresa onde Mauro Nunes foi assassinado

Mauro Ferreira Nunes foi assassinado no mesmo dia que Denílson pelo serial killer Tiago da Rocha. A vítima estava dentro da empresa de fotografias Eskema Photos quando foi abordado pelo suspeito do crime, que parou sua moto na porta da loja e entrou, anunciando um assalto. Mauro Ferreira não esboçou reação mas foi atingido com um tiro no peito.

  • Endereço no Google Maps: 328 Avenida Neddermeyer, Goiânia, State of Goiás

  • Ponto Turístico: Sanduicheria onde Ana Victor foi assassinada

Em 14 de Março de 2014 o serial killer Tiago Henrique Gomes da Rocha assassinou Ana Maria Victor Duarte dentro da sanduicheria Fernando Grill. Ele a seguiu desde a sua casa, entrou dentro do estabelecimento e atirou no peito da vítima. Antes do disparo fatal, a arma falhou duas vezes. Ana Maria era filha de ex-promotor de justiça e o caso teve grande repercussão em Goiânia.

  • Endereço no Google Maps: Rua T-64 – S/N – Quadra S-7 – Lote 01 – St. Bela Vista, Goiânia – GO, 74823-350

  • Ponto Turístico: Bar onde Janaína Nicácio foi assassinada

Em 8 de maio de 2014 Janaína Nicácio de Souza estava sentada em uma mesa no bar Buteko da Mainha quando o serial killer Tiago Henrique Gomes da Rocha se aproximou e efetuou um disparo de arma de fogo cujo projétil atingiu-lhe o coração e pulmão, matando-a na hora.

  • Endereço no Google Maps: R. V 4, 718 – Vila Rezende, Goiânia – State of Goiás

  • Ponto Turístico: Cruzamento onde Juliana Neubia foi assassinada

Juliana Neubia Dias, 22, foi morta neste cruzamento com um tiro no pescoço e outro no tórax, dentro do carro do namorado, um Fiat Palio, quando pararam no semáforo. O serial killer Tiago da Rocha estava parado em uma moto, usando capacete, e aproximou-se do veículo e atirou contra ela.

  • Endereço no Google Maps: Av. Mutirão – St. Bueno, Goiânia – GO, 74210-185

  • Ponto Turístico: Pit-Dog onde Karina Faria e Mateus Moraes foram assassinados

Em 27 de julho de 2014 o serial killer Tiago da Rocha assassinou neste pit-dog os adolescentes Karina dos Santos Faria, 15, e Mateus Henrique de Moraes, 13. Eles haviam saído de uma igreja e esperavam o término do sanduíche quando foram mortos a tiros. O corpo de Mateus ficou estirado entre estes dois coqueiros.

  • Endereço no Google Maps: Rua 211, 122-142 – St. Leste Vila Nova, Goiânia – GO, 74643

  • Ponto Turístico: Ponto de ônibus onde Ana Lídia foi assassinada

Em 2 de agosto de 2014, Ana Lídia Gomes, 14, foi assassinada pelo serial killer Tiago da Rocha neste ponto de ônibus. Ela aguardava o transporte para ir até uma feira ajudar a sua mãe quando Tiago se aproximou, desceu da moto e efetuou um disparo que atingiu o peito da vítima, matando-a na hora. Ana Lídia foi a última vítima do serial killer, que seria preso dois meses depois.

  • Endereço no Google Maps: Av. Piratininga, 2-84 – Nossa Sra. de Fatima, Goiânia – GO, 74420-340

  • Ponto Turístico: Casa onde morava Tiago da Rocha

Casa onde o serial killer Tiago Henrique Gomes da Rocha morava com a mãe em Goiânia. Ele cresceu e viveu toda sua vida no bairro Conjunto Vera Cruz II, periferia de Goiânia. Não tinha amigos nem vida social. Os vizinhos não o conheciam, com exceção de uma vizinha, com quem teve um caso amoroso.

  • Endereço no Google Maps: Rua VC-55, 2 – Conjunto Vera Cruz, Goiânia – State of Goiás

Vasili KomaroffRússia


Rússia | O Lobo de Moscou | Vítimas: 29 confirmadas

  • Ponto Turístico: Local onde morava Vasili Komaroff

O número 26 da Shabolovka um dia foi o lar/matadouro do serial killer Vasili Komaroff. Motorista de carruagem e comerciante de cavalos, em 1920 ele se mudou para este endereço onde morou com a esposa até ser preso em 1923. Em dois anos, Vasili confessou ter assassinado 33 homens neste endereço. Ele se fazia de cortês com quem aparecia querendo comprar seus cavalos, levava a vítima para a sua casa e oferecia vodka. Então os matava a golpes de martelo ou degolados. Os corpos eram colocados em sacos e descartados no lixo, alguns foram enterrados nas proximidades ou jogados no rio Moscou. Ele foi pego quando a polícia entrou em seu estábulo e encontrou o corpo de um homem no feno.

  • Endereço no Google Maps: Shabolovka St, 26, Moskva, Russia, 119049

William Burke & William HareEscócia


Escócia | A Dupla dos Cadáveres | Vítimas: 16

  • Ponto Turístico: Local onde existia a hospedaria de William Burke e William Hare

O prédio visto abaixo é um espaço comercial, a Argyle House, mas em 1828 havia neste lugar uma hospedaria cujo dono era William Hare. Juntamente com seu parceiro William Burke, a dupla assassinou 16 pessoas em 10 meses. Os corpos eram vendidos para a escola de medicina da Universidade de Edimburgo. A hospedaria de Hare foi demolida em 1903.

  • Endereço no Google Maps: 3 Lady Lawson St, Edinburgh EH3 9DR, UK

ZodíacoEstados Unidos


Estados Unidos | Vítimas: 5 confirmadas

  • Ponto Turístico: Local onde Paul Stine foi assassinado

Em 11 de outubro de 1969, o taxista Paul Stine foi assassinado neste local pelo Zodíaco. O táxi de Stine ficou parado onde agora está este carro branco, e seu corpo deitado com o braço pendendo para fora. Ele levou um tiro na cabeça. O serial killer rasgou um pedaço de sua camiseta ensanguentada e posteriormente a enviou para o jornal The Chronicle.

  • Endereço no Google Maps: 3898 Washington St, San Francisco, California

Universo DarkSide – os melhores livros sobre serial killers e psicopatas

http://www.darksidebooks.com.br/category/crime-scene/

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

As últimas notícias

Categorias

× Receba nosso conteúdo no WP