Ivan Milat: com câncer terminal serial killer está à beira da morte em hospital de Sydney

Vítima de um câncer em estágio avançado, é improvável que o serial killer volte para a prisão de segurança máxima onde cumpre pena.
Ivan Milat - Serial killer
Vítimas de Ivan Milat.

Vítimas de Ivan Milat.

O mais famoso serial killer da Austrália, Ivan Milat, teria sido diagnosticado com câncer terminal após médicos descobrirem vários tumores em seu esôfago e estômago.

É improvável que ele volte ao Centro Correcional Goulburn, a prisão onde passou os últimos 25 anos, segundo informações da ABC e 7News. O Yahoo News afirmou que o psicopata está em suas últimas semanas de vida.

Primeiramente, foi divulgado que o assassino de 74 anos seria submetido a um procedimento médico em um hospital de Sydney após ter sido transferido da prisão mais segura da Austrália.

Após uma série de greves de fome durante a última década, acredita-se que Ivan Milat sofra de problemas de saúde causados pela perda drástica de peso.

Um porta-voz da Corrective Services NSW, divisão do departamento de justiça responsável pela administração do sistema carcerário australiano, não pôde informar o procedimento a que o assassino foi submetido no hospital, por questões de privacidade.

Alistair Shipsey, sobrinho de Ivan Milat, afirmou que seu tio passaria por uma bateria de exames e provavelmente precisaria ser operado. Dias depois, ele afirmou que os médicos “me disseram que ele tem apenas algumas semanas de vida”Ele contou ao Daily Telegraph que o serial killer perdeu 20 kg em dois meses. Ele estaria “perigosamente magro” e sofrendo de anorexia geriátrica.

Ivan Milat estaria entre a vida e a morte em hospital de Sydney.

Sabe-se que ele foi transferido para o Prince of Wales Hospital em Randwick, e é mantido numa ala segura do hospital, onde prisioneiros são tratados.

Ivan Milat já havia precisado de tratamento médico no passado. Em 2001, ele se feriu engolindo objetos metálicos, incluindo lâminas e grampos. No mesmo ano, numa tentativa dramática de receber um PlayStation, o assassino perdeu 25 kg numa greve de fome. Em 2009 ele amputou o dedo mindinho com uma faca plástica, supostamente com a intenção de enviá-lo à Suprema Corte.

Ele foi transferido sob um esquema de segurança máxima para o Goulburn Hospital, onde os médicos determinaram que o dedo não poderia ser reimplantado.

Ivan Milat foi condenado pelo assassinato de sete mochileiros na Austrália, entre 1989 e 1993.

Hoje com 74 anos, Ivan Milat ficou conhecido por assassinar pelo menos sete mochileiros, cujos corpos foram encontrados em covas rasas na Belanglo State Forest, em New South Wales, nos anos 1990, e foi sentenciado em 1996 a sete penas consecutivas de prisão perpétua.

O ex-funcionário rodoviário também sequestrou o turista britânico Paul Onions, mas ele conseguiu fugir do carro de Milat.

O coordenador da Corrective Services NSW, Peter Severin, contou à Seven Network que a a comunidade poderia dormir tranquila, com a certeza de que a transferência foi feita no “modo mais seguro e possível”.

Presos de alta periculosidade e terroristas são sempre vigiados por uma equipe de especialistas da Extreme High-Security Escort Unit, que controlam todos os seus movimentos e interações, segundo a porta-voz do Corrective Services NSW.

O serial killer Ivan Milat. Foto: Daily Telegraph.

O serial killer Ivan Milat. Foto: Daily Telegraph.

A criminologista Xanthe Mallet estudou Milat e seus crimes, ela disse à 9News que acredita que o serial killer fez mais de sete vítimas.

“Há uma série de casos de pessoas desaparecidas em circunstâncias semelhantes às vítimas de Belanglo”.

Ela disse que de todas as possíveis vítimas nunca ligadas a Milat, o mais forte candidato é Peter Letcher. O corpo do jovem de 18 anos foi encontrado perto de Jenolan Caves em 1988 e a maneira como morreu guarda muitas semelhanças com as vítimas identificadas de Milat.

Eu estou muito tentada a entrar em contato com Ivan Milat e perguntar a ele se há outras vítimas porque chegando ao final de sua vida, pode ser a hora dele compartilhar esses detalhes e ajudar as famílias que nunca tiveram respostas“.

Investigadores de polícia também vieram a público pedir para que o serial killer, “se tiver o mínimo de decência“, confessasse o que sabe em seu leito de morte.

Fontes consultadas: [1] Ivan Milat reportedly diagnosed with cancer at Sydney hospital – News.com.au; [2] Serial killer Ivan Milat unlikely to return to supermax after terminal cancer diagnosis – The Sydney Morning Herald;

Universo DarkSide – os melhores livros sobre serial killers e psicopatas

http://www.darksidebooks.com.br/category/crime-scene/

Colaboração de:


Marcus Santana

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

Receba nosso conteúdo por e-mail!

Digite o seu endereço de e-mail:

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

As últimas notícias

Categorias

× Receba nosso conteúdo no WP