Chisako Kakehi: Suprema Corte de Osaka confirma pena de morte a serial killer

A Suprema Corte de Osaka confirmou nesta sexta-feira, 24 de maio, a pena de morte imposta a uma serial killer de 72 anos condenada por assassinar seu marido e...

A serial killer japonesa Chisako Kakehi. Foto: The Source.

A Suprema Corte de Osaka confirmou nesta sexta-feira, 24 de maio, a pena de morte imposta a uma serial killer de 72 anos condenada por assassinar seu marido e outros dois parceiros com veneno para herdar seu dinheiro e escapar de dívidas.

Se endereçando à Chisako Kakehi, o juiz Hiroaki Higuchi disse que não ouve erro na decisão do tribunal inferior que reconheceu que ela matou os três homens e tentou matar outro. O juiz também rejeitou a alegação de seus advogados de que ela não podia ser responsabilizada por seus atos devido à demência.

Os crimes foram premeditados e ela entendeu bem a situação“, disse o juiz, referindo-se às cápsulas contendo cianureto que a Viúva Negra preparou para as vítimas.

Os advogados de Kakehi, que se declarou inocente, imediatamente apelaram da decisão.

Chisako Kakehi foi condenada pelo assassinato de seu marido, Isao Kakehi, 75, e outros dois amantes, Masanori Honda, 71, e Minoru Hioki, 75. Ela também tentou matar um conhecido, Toshiaki Suehiro, 79, dando a ele uma bebida com cianeto.

Os assassinatos ocorreram em Kyoto, Osaka e Hyogo entre 2007 e 2013, e chamaram a atenção da mídia internacional. A polícia descobriu que ela foi casada ou manteve relacionamentos sérios com mais de dez homens e herdou de todos eles cerca de 1 bilhão de ienes – R$ 37 milhões de reais, em valores atuais. Mas Kakehi acabou se endividando ao investir mal o dinheiro.

No Tribunal Superior de Osaka, os advogados pediram novos testes psiquiátricos para verificar sua sanidade mental, mas o pedido foi rejeitado, abrindo caminho para a decisão desta sexta-feira.

Kakehi não compareceu na primeira e única audiência no tribunal superior em março, mas compareceu hoje. No Japão, um réu não tem obrigação de comparecer a um julgamento de recurso.

Ela falou rapidamente quando o juiz pediu que ela fornecesse o seu nome e data de nascimento, e pareceu enxugar as lágrimas quando ouviu a decisão.

Em novembro de 2017, a decisão do Tribunal Distrital de Kyoto reconheceu que ela desenvolveu demência por volta de 2015, mas determinou que ela era competente para se defender no julgamento porque os sintomas não eram sérios e o progresso da doença era lento.

Vídeo


Não deixe de ler:

Fonte consultada: Osaka High Court upholds death penalty for ‘black widow’ serial killer Chisako Kakehi – Japan Times;

Universo DarkSide – os melhores livros sobre serial killers e psicopatas

http://www.darksidebooks.com.br/category/crime-scene/

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

"Podemos facilmente perdoar uma criança que tem medo do escuro; a real tragédia da vida é quando os homens têm medo da luz." (Platão)
Deixe o seu comentario:
DarkSide Books

RELACIONADOS

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

As últimas notícias

Categorias

× Receba nosso conteúdo no WP