Hannibal: O verdadeiro assassino em série que inspirou o vilão Francis Dolarhyde

A série de TV Hannibal e os filmes anteriores de Lecter nos apresentaram o vilão Francis “The Tooth Fairy” Dolarhyde, que foi tristemente inspirado por um serial killer do...

Richard Armitage interpretando Francis Dolarhyde na terceira temporada da série Hannibal.

A série de TV Hannibal e os filmes anteriores de Lecter nos apresentaram o vilão Francis “The Tooth Fairy” Dolarhyde, que foi tristemente inspirado por um serial killer do mundo real.

Embora o Dr. Hannibal Lecter tenha se tornado a estrela do mundo literário de Thomas Harris e suas adaptações, ele não começou assim. No primeiro livro de Harris, Dragão Vermelho, Hannibal passa a maior parte da história em segundo plano e é definitivamente um personagem coadjuvante. O mesmo é verdade para O Silêncio dos Inocentes, até a fuga de Hannibal.

É por isso que pode surpreender os fãs mais novos da franquia que voltam e leem esses livros ou assistem a esses filmes para descobrirem que Hannibal não é de forma alguma o principal antagonista. Em Dragão Vermelho, é Francis Dolarhyde, que busca se transformar no Grande Dragão Vermelho. Em O Silêncio dos Inocentes, é Jame Gumb, também conhecido como “Buffalo Bill”, que esfola suas vítimas e, em seguida, usa os troféus que ele coletou. Embora Hannibal seja certamente malévolo em suas intenções, ele está oficialmente do lado do bem, “ajudando” Will Graham e Clarice Sterling em suas investigações sobre os novos assassinos.

Ted Levine interpretou o serial killer Buffalo Bill no filme O Silêncio dos Inocentes.

Considerando a quantidade de pesquisas que Harris fez sobre a patologia dos assassinos em série antes de escrever seus livros, não deveria ser surpresa que Francis Dolarhyde, como Buffalo Bill, também se inspirou em um ou dois psicopatas de verdade. O que deveria servir como um lembrete constante e assustador de que monstros como esse não se limitam à ficção.

Conforme escrito no livro Dragão Vermelho e suas várias adaptações, Francis Dolarhyde foi vagamente baseado no “BTK killer”, um acrônimo para “amarrar, torturar, matar”. BTK foi adaptado diretamente recentemente para a série Mindhunter, da Netflix. Seu nome verdadeiro era Dennis Rader, e ele fez vítimas de 1974 a 1991, geralmente fazendo intervalos de anos entre seus crimes. Ele foi finalmente capturado em 2005, encerrando um reinado de terror de décadas. Como Dolarhyde, BTK gostava de assassinar famílias inteiras e de se envolver em atos sexuais com suas vítimas após o fato.

Em 2005, um exame de DNA identificou Dennis Rader como o Assassino BTK, responsável por pelo menos 10 mortes entre 1974 e 1991.

Em cartas à polícia, BTK também afirmou ter sido influenciado por uma força sobrenatural chamada Fator X, ecoando a compulsão de Dolarhyde para matar a pedido de sua persona Dragão Vermelho. Curiosamente, Harris baseou Dolarhyde no BTK após consultar John E. Douglas, lendário criador de perfis criminais, que inspirou parcialmente o personagem Jack Crawford. Douglas havia trabalhado no caso BTK, que obviamente ainda estava longe de ser resolvido na época da publicação de Dragão Vermelho, mas já havia terminado quando Richard Armitage interpretou Dolarhyde na terceira temporada de Hannibal.

Os atores Tom Noonan e Ralph Fiennes interpretando o serial killer Francis Dolarhyde em duas versões cinematográficas de Dragão Vermelho. A primeira é de 1986 e a segunda de 2002.

Fonte consultada: Hannibal: The Real Serial Killer That Inspired Francis Dolarhyde. Screenrant.

Por:


Elizabeth
Texto

Glenda
Revisão

Marcus Santana
Revisão

Universo DarkSide – os melhores livros sobre serial killers e psicopatas

http://www.darksidebooks.com.br/category/crime-scene/

Curta O Aprendiz Verde No Facebook

 

Deixe o seu comentario:

RELACIONADOS

Receba nosso conteúdo por e-mail!

Digite o seu endereço de e-mail:

OAV TV

OAV TV

Queremos você!

Queremos Você!

O Aprendiz Verde no WhatsApp!

OAV no Whatsapp

Siga-nos no Twitter

As últimas notícias

Categorias

× Receba nosso conteúdo no WP